TECNOLOGIA

Diversidade e equidade de gênero são temas em fórum da Expedia

LAS VEGAS (ESTADOS UNIDOS) – A diversidade e inclusão dentro das empresas não é uma opção, é algo mandatório e necessário. É preciso criar e proporcionar um ambiente de trabalho onde todos os colaboradores – diante de todas as suas diferenças entre si – se sintam capazes de dar o seu melhor. Só assim as companhias serão bem-sucedidas. A Expedia trouxe esse tema em seu Diversity in Travel Summit, realizado no segundo dia do Explore ’19.

Divulgação
O CEO e presidente do Expedia Group, Mark Okerstrom, fala sobre a importância da equidade de gênero dentro da Expedia
O CEO e presidente do Expedia Group, Mark Okerstrom, fala sobre a importância da equidade de gênero dentro da Expedia
“Estamos nessa jornada há 20 anos, mas começamos a levar a inclusão e diversidade bem mais a sério há uns sete anos. Um dos nossos focos é a equidade de gênero na liderança, por exemplo. Atualmente estamos com quase 30% de mulheres em cargos de alto escalão. Ainda não chegamos no ponto que queremos chegar, por isso ainda há muito a se fazer”, afirma o CEO e presidente do Expedia Group, Mark Okerstrom.

O compromisso com o CEO Action, que reúne líderes de organizações para impactar mudanças positivas no local de trabalho, é justamente uma forma de a Expedia mostrar para o resto do mundo que ainda há progresso a ser feito, que ainda existem pontos a serem dialogados. O subgrupo criado para os chefes da indústria do Turismo – o Travel Industry Group – traz o movimento ao mercado de Turismo.

“O setor de viagens é uma indústria tão importante, corresponde a 10% do PIB global, um em cada dez empregos no mundo são em Turismo... Por isso temos de empurrar a diversidade e a inclusão para além dos colaboradores, levando para os parceiros e comunidades. O impacto que a nossa indústria pode ter na sociedade é enorme”, afirma Okerstrom.

MULHERES NA LIDERANÇA

O fórum de diversidade também trouxe um tema cada vez mais importante: a liderança feminina dentro das companhias. Executivas sênior da Virgin Atlantic, da Disney Destinations, da Avis, do Wynn Las Vegas e do Expedia Group falaram sobre os desafios e aprendizados tendo cargos de alto escalão.

Divulgação
Melissa Maher (Expedia Group), Claire Bilby (Disney Destinations), Beth Kinerk (Avis) e Chris Flatt (Wynn)
Melissa Maher (Expedia Group), Claire Bilby (Disney Destinations), Beth Kinerk (Avis) e Chris Flatt (Wynn)
“Uma lição importante é aprender a negociar, mesmo se não estiver em um papel comercial. Essa é uma habilidade essencial. No entanto, as mulheres tendem a negociar mais pela sua companhia do que por si mesmas, por isso é importante ter confiança e negociar pelas suas vontades também”, diz a vice-presidente sênior de Marketing e Inovação do Expedia Group, Melissa Maher.

E, trabalhar em conjunto – independentemente do gênero –, é essencial. “É preciso aprender a ouvir e a trabalhar em equipe para ser bem-sucedido. Se o time alcançar o sucesso, você naturalmente vai crescer também”, pontua a vice-presidente sênior de Vendas, Serviços e Eventos da Disney Destinations, Claire Bilby.


O Portal PANROTAS viaja a convite da Expedia
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA