Sabre foca em nova era de viagens personalizadas

|

Em uma entrevista realizada na ITB Berlin deste ano, que aconteceu virtualmente do dia 9 a 12 de março, o CEO da Sabre Corporation, Sean Menke, descreveu como ele configurou a empresa para permitir mudanças além da pandemia de covid-19.

Segundo Menke, mesmo enfrentando muitas crises ao longo das décadas, as viagens sempre se mostraram resilientes e a indústria agora tem a oportunidade de sair da crise mais forte. A tecnologia terá um papel importante em facilitar a recuperação, inaugurando uma nova era de viagens personalizadas que apresentará mais oportunidades para negócios e uma melhor experiência para os viajantes.
Divulgação
Sean Menke, CEO do Sabre
Sean Menke, CEO do Sabre

À medida que o impacto do vírus se espalhava, o Sabre tomou ações rápidas e decisivas para melhorar sua resiliência, tomando medidas como redução de custos fixos, aumento de liquidez adicional e introdução de um programa flexível de para trabalhar de qualquer lugar. Essas ações permitiram à equipe focar no dia a dia dos negócios em 2021 e 2022.

“Também tínhamos que nos concentrar em nossos clientes, ajudando-os a superar o que estava acontecendo. Enquanto ainda lidamos com a crise, temos uma equipe focada em nossa evolução além da covid-19. Acreditamos que as iniciativas que conseguimos estabelecer até 2020 e que continuamos a trabalhar agora nos permitirão reformular as viagens nos anos e décadas que virão”, afirma.

Durante o ano passado, a empresa avançou em sua transformação e modernização dos recursos tecnológicos, o que incluiu a migração de sua tecnologia para o Google Cloud. Também foram assinadas renovações comerciais com grandes empresas, como All-Inclusive by Marriott e Louvre Hotels. Além disso, o Sabre também estendeu acordos de distribuição com alguns de seus maiores clientes de companhias aéreas, entre eles a Southwest Airlines e Lufthansa Group.

EVOLUÇÃO DA DEMANDA DO CONSUMIDOR
“Estamos operando em um mundo altamente digitalizado e isso só se acelerou com os acontecimentos que ocorreram no ano passado. As expectativas do consumidor continuam a evoluir com base na situação em constante mudança e a demanda por ferramentas e recursos em áreas como o autosserviço tem crescido significativamente.”

A demanda por personalização também continua a aumentar. Os usuários esperam que os varejistas personalizem as ofertas como indivíduos. Eles exigem escolha ao desenvolver sua jornada e isso influencia muito a maneira como fazem compras e comparam ofertas.

Diante disso, o Sabre deseja habilitar o varejo inteligente, fornecendo a tecnologia que permite a seus clientes criar ofertas exclusivas, relevantes e atraentes e distribuí-las por meio de vários canais.

Menke destaca também que, embora a geração de receita e a eficiência de custos continuem sendo importantes para os clientes, eles também estão focados na promessa da marca que fizeram ao criar e entregar essas ofertas exclusivas. É fundamental oferecer aos hóspedes uma experiência transparente, confiável, contínua e agradável.

PREVISÕES
O CEO da companhia acredita que as viagens continuarão a ser uma indústria em crescimento. Segundo ele, nos últimos 50 anos, houve apenas seis anos civis em que o volume global de passageiros diminuiu e o declínio máximo foi de menos de 2%, mesmo levando em consideração os obstáculos anteriores ao crescimento, como os ataques de 11 de setembro, a SARS ou o colapso financeiro de 2008.

“Embora ninguém possa prever exatamente como as viagens futuras serão, tenho certeza de que elas vão se recuperar. Estamos comprometidos com nossa visão de criar um novo mercado para viagens personalizadas até 2025 e pretendemos cumprir essa visão continuando a nos concentrar em nossa própria transformação tecnológica e no desenvolvimento e entrega de produtos flexíveis e diferenciados que ajudem nossos clientes a gerar receita e rendimento”, finaliza.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA