BLTA critica os vários sentidos do novo slogan da Embratur

|


Emerson Souza
Simone Scorsato, da BLTA
Simone Scorsato, da BLTA
A Brazilian Luxury Travel Association (BLTA) criticou a nova frase de divulgação em inglês da Embratur, que passou a utilizar “Brazil”, ao invés de “Brasil”, acompanhado do slogan Visit and love us. O problema principal seria o trecho love us, que pode gerar interpretações erradas, segundo a BLTA. Entre as críticas, a ex-presidente da Embratur, Jeanine Pires, já afirmou também que a palavra love pode ter conotação sexual, considerando as mudanças um “retrocesso”.

Para a BLTA, o slogan “é ambíguo e facilmente incompreendido, mesmo para quem fala inglês em qualquer lugar do mundo, não cumprindo, assim, o objetivo de promover, efetivamente, o Turismo de maneira positiva.”

Em nota, o grupo solicitou que a Embratur “retire imediatamente o slogan e comece a explorar alternativas que não deixem em aberto possibilidades passíveis de interpretação errônea”.

Segundo a diretora-executiva da BLTA, Simone Scorsato, “a indústria do Turismo no Brasil só alcançará seu potencial se o poder público estabelecer um diálogo transparente, consistente e construtivo com profissionais talentosos do setor de viagens”.

Ela ressaltou que “a BLTA não pode observar silenciosamente os gastos públicos na promoção do Turismo sem uma consideração cuidadosa da linguagem e ignorando tendências e práticas óbvias na indústria global de viagens”. Simone afirmou ainda que “essas falhas estão custando aos brasileiros empregos de qualidade e crescimento econômico sustentável a longo prazo”.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA