Por segurança, Aerolíneas cancela voos à Venezuela

|

Da Redação
A Aerolíneas Argentinas divulgou ter cancelado de forma preventiva dois voos de Buenos Aires com destino à Venezuela. A porta-voz da companhia, Felicitas Castrillón, confirmou a medida alegando motivos de segurança, diante do cenário político conturbado do país sul-americano governado por Nicolás Maduro.

A decisão de não operar os dois voos, que estavam marcados para sábado (10) e segunda-feira (12), se dá por um alerta do setor de segurança da aérea, aviso esse decorrente de “anúncios pontuais de manifestações e marchas”, como afirmou Felicitas Castrillón ao canal de televisão Todo Noticias. No último dia 2, centenas de milhares de pessoas foram às ruas da capital venezuelana para protestar contra o atual governo, exigindo um referendo pela saída do presidente Maduro.

Ainda sobre o tema, a porta-voz disse que a medida busca “que tanto tripulação quanto passageiros possam chegar e sair com segurança”, dando a entender que para estes voos em questão isso não seria possível. A companhia aérea argentina estuda retomar no sábado (17) a rota Buenos Aires-Caracas, que possui frequência de três voos semanais. Felicitas Castrillón garantiu que a empresa quer manter a rota para “não isolar” a Venezuela.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA