EVENTOS

Região Sul ganha campanha de de promoção do MTur

O Ministério do Turismo lançou, nesta quinta-feira (24), a nova campanha publicitária para maior divulgação da região Sul do país. O programa foi baseado nas recentes iniciativas focadas na promoção do Nordeste e à Amazônia. Diversas autoridades do setor estiveram presente no evento na marina de Itajaí (SC), apresentado pelo ministro do Turismo, Marx Beltrão, para a divulgação das peças publicitárias.

O projeto foi lançado visando o momento atual, em que as pessoas começam a organizar suas viagens de verão e o interesse dos brasileiros pela região Sul está em 14,4%, segundo pesquisa do Ministério do Turismo. De acordo com Beltrão, a campanha tem a capacidade de gerar um crescimento no fluxo de visitantes em dez pontos percentuais na região.

O secretário de Turismo de Santa Catarina, Leonel Pavan, presente no evento, ressaltou a importância de mostrar os diferentes atrativos da região tanto aos brasileiros, quanto aos estrangeiros. O Sul tem quatro dos dez destinos mais visitados pelos viajantes a lazer no Brasil em 2016, segundo levantamento feito pelo Ministério do Turismo.

Divulgação/ Ministério do Turismo
Ministério do Turismo apresenta Campanha Região Sul
Ministério do Turismo apresenta Campanha Região Sul

O conceito da campanha “Sul. Não dá para contar, tem que conhecer” deseja atrair jovens, casais, famílias e turistas de negócios. Separando-os nessas categorias, os anúncios serão feitos no veículo mais adequado à cada segmento. Nas mídias digitais, a estratégia publicitária inclui o engajamento de influenciadores digitais vinculados com a região.

A campanha dura até dia 23 de setembro com foco nas cidades de Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, responsáveis pela emissão de 70% dos turistas brasileiros.

CENTRO DE CONVENÇÕES
Após o lançamento da campanha, o ministro Marx Beltrão visitou as obras do Centro de Eventos de Balneário Camboriú (SC). O espaço de 35 mil metros quadrados terá capacidade para 40 mil pessoas e receberá repasses de R$ 55 milhões do Ministério do Turismo, sendo que R$ 37 milhões já foram liberados. "O primeiro objetivo da nossa agenda foi o lançamento da campanha e o segundo foi conhecer de perto esta obra de grande importância, sobretudo neste momento em que o país avança no turismo de negócios", avaliou o ministro.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA