As tendências no planejamento on-line de viagens em 2017

|

Shutterstock

A Trip Hobo, plataforma on-line de planejamento de viagens, realizou um levantamento a fim de traçar as tendências de viagem em 2017, com base nas preferências e comportamentos dos viajantes – sobretudo os millennials, e estruturar o comportamento que o usuário deverá seguir neste ano.

De acordo com a pesquisa, o número de viagens “do it yourself” (DOY ou “faça você mesmo”, em português) está se tornando a escolha preferida dos viajantes. Ainda segundo o levantamento, centrando-se mais na viagem que privilegia a experiência, os viajantes escolheram planejar suas viagens meticulosamente, com mais personalização – o que também impactou a escolha dos destinos preferidos.

EXPERIÊNCIAS INDEPENDENTES
Ao contrário de alguns anos atrás, quando ao se pensar no planejamento de viagens um dos primeiros fatores a serem levados em conta eram agências, segundo o levantamento, houve um crescimento de 38% entre os viajantes que afirmaram abandonar os tradicionais pacotes turísticos. Em média, 62% dos entrevistados afirmaram terem planejado as viagens de maneira independente.

Além disso, os entrevistados ainda destacaram estarem mais propensos a terem experiências off beat, termo que designa viagens de incluem aventura, atividades culturais e contato com a gastronomia local – o que nem sempre é possível em parte dos pacotes fechados por não incluirem as principais cidades de cada país.

VIAGENS MAIS CURTAS

Outro dado importante, é que houve um aumento significativo no número de viagens realizadas em apenas um final de semana. Segundo a estimativa da plataforma, para 2017, o número de viagens apenas aos sábados e domingos deverá crescer aproximadamente 48%.

Além, a pesquisa ainda demonstra que existe uma correlação significativa entre viagens solo e viagens de fim de semana. Espera-se um crescimento de 33% nas viagens feitas sozinhas.

HOMESTAYS SÃO OS NOVOS HOTÉIS
Mais de 50% dos entrevistados revelaram optar por hotéis, sendo os estabelecimentos três estrelas os mais escolhidos. Porém houve um aumento significativo nas escolhas por acomodações B&B (bed and breakfast), com 31% – e a tendência é que esse número seja superior em 2017. Hostels, resorts e motéis têm a preferência de 10%, 5% e 3% dos viajantes, respectivamente.

DESTINOS
Segundo o levantamento, não houve muitas mudanças nos principais países escolhidos pelos usuários. França, Estados Unidos, Itália, Espanha e Suíça ocuparam as cinco primeiras posições. Dentre as cidades, Paris, Londres, Roma, Bangcoc e Nova York estiveram na preferência dos viajantes.

Entre as cinco principais atrações de 2016, e que não deverão perder força nos próximos anos, estão a Torre Eiffel, em Paris, o Big Ben, em Londres, o Coliseu, em Roma, a Estátua da Liberdade, em Nova York, e a Sagrada Família, em Barcelona. Na décima colocação há um representante brasileiro: o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.

*Notícia atualizada às 13h33 do dia 17/1/2017 alterando o título
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA