DIA MUNDIAL DO TURISMO: veja o que já está reaberto na Bahia

|


Divulgação/Bahia - Tatiana Azeviche

A Bahia, segundo sua Secretaria de Turismo, vive a expectativa de um verão promissor, com suas principais zonas turísticas em processo de abertura. Na capital, Salvador, as praias começaram a ser liberadas na última segunda-feira (21), mediante uma série de protocolos sanitários, depois da reabertura de hotéis, restaurantes, bares, shopping centers e do Mercado Modelo. Ao mesmo tempo, a recomposição gradual da malha aérea abre um canal importante para a vinda dos turistas à cidade. Da mesma forma, outros destinos turísticos importantes do Estado experimentam os primeiros movimentos após o longo recesso da pandemia.

“A Bahia tem todos os predicados para os turistas que querem estar em contato com a natureza neste momento de reabertura”, afirma o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco. “Tem destinos maravilhosos de sol e praia de norte a sul e lugares deslumbrantes para a prática do ecoturismo, do turismo de aventuras e do enoturismo, entre outras modalidades”, acrescenta.

Divulgação
Tivoli Praia do Forte
Tivoli Praia do Forte
PRAIA DO FORTE

A abertura começou em meados de julho e atingiu um pico no feriado de 7 de setembro. De acordo com dados da Associação Comercial e Turística de Praia do Forte –Turisforte, hoje a localidade está com 100% de seus meios de hospedagem em funcionamento – embora com a capacidade limitada, de acordo com as exigências dos protocolos – e 90% dos restaurantes já abriram as portas, funcionando geralmente até as 23h.

“Para o verão, as perspectivas são boas, porque muitas pessoas querem viajar, mas é importante que as regras de segurança sejam cumpridas, evitando aglomerações e usando máscaras”, observa o presidente da Turisforte, Vitor Hugo Knack.

Divulgação
Porto Seguro
Porto Seguro
PORTO SEGURO

O destino teve o processo de reabertura iniciado no dia 15 de julho, com a hotelaria. A partir de 1º de agosto abriram os restaurantes e, em 15 de agosto, as barracas de praia. A malha aérea também foi sendo recomposta gradualmente, com a volta de voos da Gol e da Latam a partir de 11 de julho e, posteriormente, da Azul, fechando o mês com 48 voos, segundo o secretário de Cultura e Turismo do município, Paulo César.

No final de agosto a oferta de frequências aéreas subiu para 90, e a expectativa para setembro é fechar com 108 voos. Já para outubro, a estimativa, segundo o secretário, é atingir a marca de 180 voos. Para outubro, espera-se também a reabertura do Parque Aquático e, provavelmente, do Parque Marinho Municipal do Recife de Fora.

Durante a pandemia, o município desenvolveu o programa Porto Mais Seguro, com um conjunto de medidas e regras para a retomada e protocolos para todos os segmentos do Turismo. Foi criado também o selo Porto Mais Seguro para estabelecimentos como hotéis, bares, restaurantes e barracas de praia, que adotaram as normas de segurança sanitária.

“Esperamos agora superar esta crise e ter a cidade novamente movimentada, com uma expectativa muito grande para o verão”, diz Paulo César.

Segundo ele, a CVC anunciou esta semana a volta dos fretamentos de voos em dezembro, com a realização de 25 voos por semana, dos quais dez são para Porto Seguro. De olho no Turismo regional, a CVC também ampliou para 76 novos destinos seu portfólio de produtos em municípios próximos às capitais e grandes centros, que permitem viagens de carro. Os destinos baianos que entraram para a lista foram Caraíva, Eunápolis e Barreiras.

ITACARÉ
Paraíso dos surfistas na Costa do Cacau, em Itacaré foi baixado no dia 18 de setembro um novo decreto com medidas de reabertura gradual do Turismo, que estabelece a ocupação dos meios de hospedagem em até 70% de sua capacidade. Os turistas que se deslocam até a cidade devem observar se o meio de hospedagem em que pretendem ficar possui o Selo Turismo Seguro Itacaré. Feiras livres, bares e atividades que gerem aglomeração, no entanto, permanecem proibidos.

A feira de artesanato pode funcionar, desde que se respeitem as regras de distanciamento, uso de máscaras e demais recomendações sanitárias. As informações são da Secretaria de Turismo do município.

ARQUIPÉLAGO DE TINHARÉ
Na região de Cairu, na Costa do Dendê, onde ficam as localidades de Morro de São Paulo e Boipeba, a abertura parcial das atividades turísticas tiveram início no dia 3 de setembro, com os meios de hospedagem, bares e restaurantes funcionando com 50% de sua capacidade. Antes, a Secretaria de Turismo local promoveu, em parceria com o Sebrae e o Senac, uma captação sobre protocolos de segurança para funcionários do segmento.

O movimento no feriado de 7 de setembro foi grande no arquipélago, com 100% de ocupação hoteleira – dentro das novas normas – em Morro de São Paulo, 80% em Boipeba e entre 70% e 80% em Garapuá, de acordo com a secretária de Turismo de Cairu, Diana Farias. “O que nos surpreendeu foi a vinda de muitas pessoas de outros Estados, como Amazonas, Rio Grande do Sul e Minais Gerais, quando as previsões eram de que nos primeiros momentos a tendência seria o Turismo regional”, afirma.

MUCUGÊ
Na Chapada Diamantina, o município de Mucugê tomou a dianteira na retomada. A abertura começou por etapas, no final de agosto, dentro dos protocolos, e a última delas foi a de meios de hospedagem e alimentação, com hotéis e restaurantes operando com 50% de sua capacidade. O município baixou também um decreto estabelecendo protocolos a serem cumpridos pelos estabelecimentos.

Desde então tem havido demanda de turistas, provenientes principalmente de Salvador. No feriado de 7 de setembro, as pousadas encheram, dentro dos limites estabelecidos, e já está havendo boa procura para o feriado de 12 de outubro.

Divulgação
MALHA AÉREA

Além da volta dos voos internacionais, com a retomada das operações da Tap Air Portugal, o Aeroporto de Salvador registra este mês crescimento de 35% da oferta de assentos, em comparação com o mês de agosto.

Muito do crescimento se deve ao início dos voos regionais da Gol, que passou a interligar a capital baiana a seis novos destinos, em parceria com a VoePass: Aracaju, Maceió, Petrolina, Ilhéus, Porto Seguro e Barreiras, além de um reforço nas ligações para Vitória da Conquista.

As frequências de fim de semana da companhia para Salvador também irão aumentar, com mais viagens aos domingos do Rio de Janeiro, São Paulo, Vitória, Recife, Campinas, Belo Horizonte e Fortaleza.

Os voos da Azul também passam a ser diários em setembro entre destinos operados a partir de Salvador, como Belo Horizonte, Recife e Campinas. Em outubro, a companhia retoma os voos para Vitória da Conquista seis vezes por semana.

Também a partir do próximo mês a companhia de baixo custo chilena JetSmart retoma os voos entre Salvador e Santiago. No dia 3 de novembro, é a vez da Air Europa retomar as ligações entre Madri e a capital baiana.

Fonte: Setur-BA
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA