Costa Brava tem 10% de aumento nas vendas de junho

|


Emerson Souza
O diretor-geral da Costa Brava e presidente da Abracorp, Rubens Schwartzmann

Todos sabem que os negócios em viagens corporativas já tiveram dias melhores no mercado brasileiro. Em um cenário de crise, só as associadas da Abracorp diminuíram em 10% sua força de trabalho no último semestre por conta da queda da demanda, conforme informou a associação em seu mais recente balanço. As vendas também mostraram baixa - as TMCs associadas venderam 11,5% menos que no período de janeiro a julho de 2015.

No entanto, na contramão do mercado, os números da Costa Brava no mês de julho começam a dar seus primeiros sinais de melhora. A TMC de Campinas (SP) apresentou números positivos no sexto mês do ano - por sinal, os melhores no período já registrado no histórico da empresa.

Segundo o balanço, a agência vendeu R$ 12,5 milhões no mês, um avanço de aproximadamente R$ 900 mil diante dos R$ 11,4 milhões registrados no mesmo mês de 2015 - crescimento de 10%.

Comparados a junho de 2014, momento que a empresa acredita marcar os primeiros reflexos da atual crise econômica do País, os números do sexto mês de 2016 se mostram ainda mais expressivos.

"Este mercado costuma se sair mal no primeiro semestre, mas já sentimos uma melhora. O segundo semestre, com maior ânimo dos empresários, deve ser mais lucrativo que o do ano passado. Estamos com ótimas perspectivas para o setor possa voltar a crescer", acredita o diretor-geral da Costa Brava, Rubens Schwartzmann.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA