United cria ferramenta para lucrar com overbooking

|

A United Airlines está desenvolvendo uma nova plataforma tecnológica que ajudará na questão dos voos com overbooking, tornando-a, inclusive, em uma oportunidade lucrativa, segundo informações do site Skift.

Divulgação

Chamado Flex-Schedule Program, o modelo busca encontrar uma solução para a questão de retirada de passageiros da aeronave, sem ter que pagá-los, e, acabando assim, com a prática de vender mais passagens que assentos. Essa novidade também pode impedir que outros casos como o ocorrido em abril aconteçam novamente.

COMO FUNCIONARÁ
A companhia aérea enviará newsletters nas quais os clientes terão a opção de se inscrever para receber recompensas, desde que estejam dispostos a mudar um pouco seus itinerários. As ofertas estarão também disponíveis com até cinco dias de antecedência, fazendo com que a United possa revender seus bilhetes com uma margem de lucro maior.

Apenas quem fizer a reserva no próprio site da aérea e optar por receber o e-mail marketing terá acesso às ofertas. Nunca será solicitado que o passageiro troque datas ou aeroportos e as preferências de assento permanecerão. Também será sempre indicado se ele está selecionando downgrade da Economy Plus para a econômica regular, por exemplo.

Embora existirão momentos em que o programa ajudará a deslocar as pessoas de um avião superlotado, o principal objetivo será liberar um assento valioso e oferecê-lo a alguém que precisa mais dele, segundo o vice-presidente de Preços e Gerenciamento de Receita da United, Dave Bartels.

A ferramenta será vantajosa para a empresa e para os consumidores que viajam a trabalho. As companhias aéreas poderão criar receita sem depender de taxas auxiliares e os viajantes corporativos, que costumam reservar voos no último minuto, terão disponível um inventário de rotas já procuradas


*Fonte: Skift

conteúdo original: http://bit.ly/2tNAAdv
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA