Destino Iguassu tem alta de 11% no fluxo aéreo de visitantes | Destinos | PANROTAS
DESTINOS

Destino Iguassu tem alta de 11% no fluxo aéreo de visitantes

Mtur/Christian Knepper
O Parque Nacional do Iguaçu estima fechar o ano com um total de 1,8 milhão de visitantes
O Parque Nacional do Iguaçu estima fechar o ano com um total de 1,8 milhão de visitantes
O fim do ano ainda não chegou, mas o Destino Iguassu, que compreende Foz do Iguaçu (PR), Puerto Iguazú (Argentina) e Ciudad del Este (Paraguai) já nota números superiores aos que foram registrados em 2017.

Segundo dados da Infraero, de janeiro a setembro deste ano foram registrados 1.769.117 embarques e desembarques, um aumento de 11% em comparação aos números do ano passado no mesmo período. A estimativa é que o setor feche 2018 superando os 2.177.298 do ano anterior.

Em boa parte, a movimentação turística é impulsionada pelos eventos realizados em Foz do Iguaçu. O Visit Iguassu captou e está apoiando 86 eventos que acontecem na região trinacional este ano, 17 eventos a mais frente a 2017.

“A captação de eventos é fundamental para o desempenho econômico de Iguassu. Uma pesquisa realizada pela Embratur e FGV em 2014 apontou, dentre outras questões, que o turista de eventos internacionais gasta quatro vezes mais que o turista de lazer. Um dado que demonstra a importância da realização de congressos e convenções em nossa cidade”, explica o gerente de Eventos do Visit Iguassu, Alexandre Jung.

Em 2017, a região recebeu 41.588 participantes de eventos. Já este ano, a expectativa é de 45.120 presentes em congressos, feiras e convenções, que juntas, injetam mais de R$ 75 milhões na economia, movimentando de forma expressiva todos os setores do turismo de forma direta ou indireta.

“O comércio é igualmente impactado economicamente pelos visitantes. O Turismo desenvolve outros setores da economia e conecta a cidade como um todo. Somos todos beneficiados pelos resultados positivos que o turismo traz para região”, ressalta o diretor executivo do Visit Iguassu, Basileu Tavares.

Além disso, segundo o último balanço do PNI, até o fim de outubro foram registrados 1.514.429 visitantes no Parque Nacional do Iguaçu e, de acordo com o chefe do parque, Ivan Baptiston, a Unidade de Conservação deverá fechar o ano com a totalidade de 1,8 milhão de visitas.

“Nosso maior esforço é garantir que os visitantes conheçam profundamente o Parque Nacional do Iguaçu. Que possa levar, para a vida, uma mensagem de conservação e de conhecimento que se traduz em respeito e conservação dos parques nacionais”, destaca o profissional.


SATISFAÇÃO DO TURISTA

Uma pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo com mais de 35.550 pessoas que visitaram o Brasil no ano passado registrou Foz do Iguaçu como o terceiro destino brasileiro mais visitado pelos viajantes que buscam lazer. Além disso, a hospitalidade dos moradores da região foi avaliada positivamente por 99,2% dos entrevistados.

“Na medida em que recebemos mais visitantes, vamos também aperfeiçoando nossos espaços e serviços para atender essas pessoas que chegam com boas expectativas em relação à nossa região. Todo esforço neste sentido só traz benefícios à população e contribui com o crescimento da região trinacional”, reforça Tavares.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA