Tour House promove debate sobre transformação digital no mercado corporativo

|

Tour House
Painel liderado pelo gerente Comercial da Tour House, Fernando Sampaio, com a secretária Executiva da Nubank, Vanessa Cacciaguerra, e com o CEO da Inteegra Tec, Rogerio Miranda, debateu a influência da  inteligência artificial
Painel liderado pelo gerente Comercial da Tour House, Fernando Sampaio, com a secretária Executiva da Nubank, Vanessa Cacciaguerra, e com o CEO da Inteegra Tec, Rogerio Miranda, debateu a influência da inteligência artificial
A Tour House realizou neste semana o 1º TH Meeting - Transformação Digital, em São Paulo. O evento teve como objetivo, segundo a empresa, debater tendências do mercado corporativo e do papel de novas tecnologias no segmento, entre mudanças digitais e inteligência artificial.

Foram dois painéis. O primeiro abordou o tema Transformação Digital e o novo comportamento do profissional de secretariado, com a participação da presidente do Sinsesp, Isabel Cristina Baptista, e do CTO do Grupo Tour House, Julio Oliveira. O diretor da Tour House, Alexandre Motta, moderou a discussão, que teve como debate central se os profissionais de secretariado se prepararam ou estão se preparando adequadamente para a transformação digital no mercado, além de discutir qual o comportamento necessário para encarar tal mudança como aliada do profissional de secretariado.

Tour House
O primeiro painel contou com a presidente do Sinsesp, Isabel Cristina Baptista, o CTO do Grupo Tour House, Julio Oliveira; e o diretor da Tour House, Alexandre Motta
O primeiro painel contou com a presidente do Sinsesp, Isabel Cristina Baptista, o CTO do Grupo Tour House, Julio Oliveira; e o diretor da Tour House, Alexandre Motta
Já o segundo painel foi liderado pelo gerente Comercial da Tour House, Fernando Sampaio, e contou com a participação da secretária Executiva da Nubank, Vanessa Cacciaguerra, e com o CEO da Inteegra Tec, Rogerio Miranda. Tratando da era da inteligência artificial e até onde ela pode influenciar a vida humana, foram levantadas questões como quais as habilidades necessárias para o profissional de secretariado do futuro, e se a tecnologia é uma aliada da profissão ou se coloca em risco a existência do secretariado.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA