Pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco passará por requalificação

|


Divulgação/ Matheus Ribeiro
A requalificação do pavilhão de feiras e eventos do Centro de Convenções de Pernambuco, na Região Metropolitana do Recife, foi autorizada na manhã de hoje (26). Orçadas em R$ 1,7 milhão, as obras já devem começar nesta terça-feira, e incluem a recuperação e polimento do piso em concreto (totalizando 18.650 m²), recuperação e substituição de calhas técnicas (1.700m), reforma dos banheiros com acréscimo de fraldário e da cozinha do mezanino do pavilhão.

De acordo com o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Roberto Abreu e Lima, a proposta de requalificação foi um pleito que surgiu durante as reuniões da Câmara Setorial de Turismo. “O espaço tem uma importância singular para o Turismo de negócios em Pernambuco. Nossa decisão por executar esta obra é fruto de conversas com diversos atores da área. Passado o período de pandemia, acreditamos que o uso do espaço ganhará ainda mais relevância para os diversos negócios que são incentivados no local”, afirmou.

Antes da pandemia, o pavilhão chegou a receber uma média anual de 32 eventos, com público médio de 300 mil pessoas. Segundo o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, ainda em 2021 estão programadas oito feiras, dos mais variados segmentos. “Estamos bem confiantes com a execução das obras. Teremos tempo hábil para deixar o Centro de Convenções renovado para os primeiros eventos que acontecem em outubro. Ações como essa são importantes para a retomada das feiras de negócios que aquecem nossa economia, geram emprego e renda e movimentam toda a cadeia do turismo”, salientou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA