Como fica a política de viagens em meio ao "caos" no pós-pandemia?

|


Em um ambiente de redução de malha aérea, aumento nos custos dos combustíveis e transportes, e consequentemente no preço de diversos serviços, falta de mão de obra especializada gerando confusão nos atendimentos em vários segmentos (inclusive aeroportos), viajantes mais exigentes e tecnológicos, fica a pergunta: como fazer um programa de viagens mais estratégico e confortável para o viajante corporativo?

Os gestores de viagens nunca estiveram tão atentos aos movimentos diários. Acompanhar o budget e as inovações do mercado virou uma função urgente.

E as perguntas não cessam:

O investimento em sustentabilidade será o ponto de desempate nas RFPs de travel? Como fazer isso de forma correta?

Como serão as viagens corporativas depois que passar esta fase de euforia do retorno e reestruturação do mercado?

O que o viajante pós-pandemia espera da política de viagens e como as empresas estão se adaptando?

O que vem de novo em TECH nesta nova era de viajantes super conectados?

O que pensam líderes de empresas globais sobre o futuro de viagens de negócios?

O que esperar de inovação até 2025 para o mercado corporativo?

São essas e outras respostas que a Academia de Viagens Corporativas e a PANROTAS querem trazer em setembro, com um novo evento, o Download, que traduzirá e entenderá as tendências globais no dia a dia de nosso setor.

Então se você é cliente corporativo ou stakeholder de uma empresa cliente de viagens de negócios, SAVE THE DATE: 28/9/22, uma quarta-feira, quando o “Download uma nova versão” chega a São Paulo para discutir estas questões.
As vagas são limitadas e em breve informaremos sobre as inscrições.

O Download uma nova versão tem patrocínio da American Airlines, BWH Hotel Group, Copastur, Gol Linhas Aéreas, Hyatt e R1.



 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA