Startup de gestão de viagens corporativas aumenta portfólio

|

A Portão 3, startup mineira de gestão de viagens corporativas fundada em 2020 e que conta com uma plataforma tecnológica própria focada na experiência do usuário, acaba de aumentar seu portfólio de soluções. O novo produto de mobilidade agora também considera passagens de ônibus, além de passagens aéreas, por conta de trechos em que outros meios de transporte não comportam.

Reprodução / Pixabay
Portão 3, startup de gestão de viagens corporativas aumenta portfólio
Portão 3, startup de gestão de viagens corporativas aumenta portfólio
Outro produto lançado é o Anywhere Office, focado em dar ao viajante o benefício de trabalhar de qualquer lugar, por conta das mudanças causadas pela pandemia de covid-19. Na plataforma é permitido o aluguel de salas de escritório e coworking, cafeterias, bibliotecas, entre outros.

Com 100% da operação em cloud, a solução da empresa possui iniciativas de business intelligence e machine learning para prover no final do dia relatórios e informações mais precisas, principalmente para quem paga a conta das viagens de trabalho. A ferramenta tem duas interfaces, uma para a web direcionada para as empresas e um aplicativo que foca no viajante.

A empresa vem crescendo 30% mês a mês durante a pandemia e conta com clientes do ramo de franquias, engenharia civil, energia, indústrias, entre outros.

SOLUÇÕES FINANCEIRAS
Em novembro do ano passado, a companhia lançou a Bank 3, uma solução de pagamentos para viagens com foco em solucionar a dor de muitas empresas na hora de realizar a conciliação bancária, prevenir fraudes e também na oferta de pagamentos.

As empresas também poderão experimentar os produtos de reembolsos e mobilidade, onde por exemplo um funcionário pode viajar e todo seu o gasto aparecerá no extrato bancário do cartão de crédito. A ideia é que o viajante tenha esse cartão em sua carteira no celular e, automaticamente com uma viagem adquirida, em cima das políticas, tenha mais autonomia, e, a empresa, mais controle.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA