MERCADO

Apenas 38% dos viajantes corporativos são mulheres; veja mais diferenças

Shutterstock
Homens ainda são maioria no mundo de viagens corporativas, representando 62% dos viajantes
Homens ainda são maioria no mundo de viagens corporativas, representando 62% dos viajantes
Finalmente o número de mulheres no mundo de negócios tem crescido, principalmente na última década. Uma recente pesquisa, porém, revelou que ainda há um amplo desequilíbrio de gêneros, e um longo caminho deve ser trilhado para que elas assumam sua posição igualitária no segmento de viagens corporativas, ao menos em questão de números.

Realizado pelo programa de fidelidade hoteleira Wanup, que entrevistou seis mil viajantes corporativos europeus, o estudo realizado em 2017 apontou que 62% daqueles que viajam a trabalho na Europa são homens - ou seja, só 38% são mulheres. Além disso, apenas 11,2% das mulheres que viajam a negócios são proprietárias de sua empresas, contra 15% dos homens, revelando um desequilíbrio também nas posições de poder no meio empresarial.

Algumas diferenças de gostos entre homens e mulheres também foram notadas na pesquisa. Enquanto eles preferem se hospedar em hotéis de grandes redes hoteleiras, por exemplo, elas escolhem principalmente hospedagem estilo hotel-boutique. Mulheres também são mais propensas a falar sobre suas experiências de viagens nas redes sociais do que os homens (69,3% delas tem esse hábito, contra 62% dos homens).

MILLENNIALS E GERAÇÃO X
A comparação geracional entre os millennials e a geração X mostrou uma disparidade muito menor do que a notada entre homens e mulheres. O número de viajantes de cada geração é praticamente o mesmo - 49% e 51%, respectivamente.

Ainda de acordo com a pesquisa, os funcionários mais velhos são geralmente aqueles com maior autonomia sobre suas decisões de viagem, com 33,5% dizendo que não estão restritos por uma política de viagens (contra 28,7% dos millennials).

Por outro lado, a geração mais jovem é mais propensa a usar seus smartphones para viajar, com 70,3% deles pedindo transporte terrestre através de algum aplicativo, em comparação com 57,9% dos funcionários da geração X.

PROGRAMAS DE FIDELIDADE
Cerca de 62% dos entrevistados são inscritos em algum. Cafés da manhã gratuitos e upgrade de quartos de hotel foram votados por 36,5% dos entrevistados como as melhores recompensas por participar de um programa de fidelidade, seguidos de reembolso imediato (24,4%), pontos para uso pessoal (22,2%) e experiências únicas (16,8%).

BLEISURE
Por fim, a pesquisa verificou que 17,7% dos viajantes corporativos buscam adicionar algum tempo extra em suas viagens para conhecer e explorar melhor o destino. Cerca de 35,3%, por outro lado, enxergam as viagens como tempo principalmente de trabalho duro. Mesmo assim, 93,4% dos entrevistados revelaram que gostam de viajar a trabalho.

As principais atividades de lazer procuradas por viajantes são experiências culturais (56,4%), experiências culinárias locais (55%) e relaxamento da mente e do corpo (31,3%).


*Fonte: Buying Business Travel

conteúdo original: http://bit.ly/2E16BnC
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA