LTN Brasil cresce 19% e aposta em corporativo de alto padrão

|


Emerson Souza
Gustavo e Leonor Bernhoeft , diretores da LTN Brasil
Gustavo e Leonor Bernhoeft , diretores da LTN Brasil

A TMC LTN Brasil, que conta com as divisões de Viagens Corporativas, Viagens e Luxo e Grupo/Eventos, cresceu 19% de janeiro a novembro deste ano em volume de vendas, e 14% em número de transações. Segundo o diretor Gustavo Bernhoeft, alguns motivos do crescimento foi a consolidação do departamento de luxo, a conquista de contas corporativas de empresas do segmento de luxo (que demandam, além da gestão, um atendimento ultrapersonalizado, umas das forças da LTN) e a renovação de contas importantes. “Além da conquista de duas contas do segmento de serviços médicos, que não era uma área de forte atuação da LTN e que já estão entre nossos maiores clientes”, conta Gustavo.

Com atuação em 20 países da América Latina, por fazer parte da L’Alianxa, a LTN também conquistou contas que querem uma solução regional Latam e, de acordo com o diretor, nenhuma outra TMC tem uma atuação tão abrangente e especializada na América Latina.

Em 2019, as vendas da LTN ficaram equilibradas entre doméstico e internacional, e as aéreas mais vendidas foram Latam, Azul e Gol, em viagens nacionais, e Latam, American Airlines e Lufthansa, nas internacionais.

As viagens corporativas respondem por 65% das vendas, o luxo já é 20% e os eventos e grupos 15%. Para 2020, a aposta no luxo são os programas para a Índia e o lançamento da Casa Martha Medeiros, em Milagres (AL), com África e Portugal também ainda em alta.

Um grande lançamento está marcado para janeiro, que dará ainda mais competitividade e visibilidade à LTN. “Mas isso fica para a nossa próxima conversa”, despistou Gustavo Bernhoeft.

Com sede em São Paulo, onde ocupa dois andares na região da avenida Paulista, a LTN Brasil tem 75 colaboradores, filial em Blumenau e home-office no Rio de Janeiro.

Saiba mais em www.ltnbrasil.com.br.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA