50% esperam voltar a viajar a trabalho no último trimestre

|

A Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) e a Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte realizaram uma pesquisa com 641 participantes de 18 estados para compreender o mercado de viagens e eventos corporativos e o sentimento dos viajantes a negócios sobre o “novo normal”.

Shutterstock
De acordo com a pesquisa, a maioria dos viajantes corporativos concordam que viajarão menos pós-pandemia
De acordo com a pesquisa, a maioria dos viajantes corporativos concordam que viajarão menos pós-pandemia
Segundo o levantamento, mais de 50% dos entrevistados esperam voltar a viajar a partir do último trimestre deste ano. Em sua maioria, os viajantes concordam que irão viajar menos pós-pandemia e, daqueles que possuem deslocamentos organizados por terceiros, 40% se sentem mais seguros retornando suas viagens somente em 2021.

As teleconferências e vídeo chamadas passaram a fazer parte do novo cotidiano organizacional e os respondentes acreditam que elas continuarão na retomada. Mais de 60% consideram que pelo menos metade das viagens a trabalho poderão ser substituídas pelos encontros on-line.

Além disso, mais de 90% dos profissionais indicaram que buscarão informações sobre a situação de saúde dos destinos e a prática de segurança sanitária dos estabelecimentos e 50% concordam que se sentirão mais seguros para participar de eventos se houver testagem no local.

“Inteligência comercial para a tomada de decisão é essencial nesse momento. Os resultados da pesquisa apontam que a infraestrutura básica e os serviços públicos nos destinos serão analisados com mais vigor pelos viajantes corporativos e em muitos casos servirão como fator de decisão para a realização das viagens”, diz o presidente da Emprotur, Bruno Reis.

Clique aqui para fazer o download do estudo completo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA