Tecnologia auxilia na experiência do colaborador em meio à pandemia

|

O SAP Now, que está em sua 25ª edição e, pela primeira vez, sendo realizado de forma 100% on-line, continua nesta semana e hoje trouxe como tema na sessão de Despesas & Viagens a importância da experiência do colaborador, principalmente em tempos de pandemia do novo coronavírus, e como a tecnologia pode auxiliar.

Reprodução
Valeria Soska, da SAP Concur, Fernanca Saraiva, da SAP Brasil, e João Araújo, da SAP Qualtrics, falam sobre experiência do colaborador
Valeria Soska, da SAP Concur, Fernanca Saraiva, da SAP Brasil, e João Araújo, da SAP Qualtrics, falam sobre experiência do colaborador
“Sabemos que quanto melhor for a sua experiência, melhor é o seu desempenho e tudo reflete na performance no trabalho. Estamos nos reinventando a cada novo desafio, sempre pensando no que é mais importante, que são as pessoas e talentos que temos. Isso tem sido muito importante nesse momento de crise e nossas soluções podem contribuir para melhorar essa experiência”, diz a vice-presidente de Vendas da SAP Concur para América Latina e Caribe, Valeria Soska.

Com diversas mudanças sendo impostas às empresas devido à covid-19, o setor de RH das companhias vem se adaptando para entender a nova realidade e como adequar a experiência do funcionário, garantindo que ele continue engajado, produtivo, mantendo sua rotina com qualidade e se sentindo bem.

“Essa foi nossa maior preocupação quando fomos para o 100% home office. Ajustamos algumas das nossas ações que já fazíamos antes, como o hábito de mais flexibilidade no trabalho, e incluímos algumas novas, como ginástica laboral, totalmente virtual, e isso foi possível porque nos mantivemos próximos das equipes e usando das nossas tecnologias”, conta a diretora de RH da SAP Brasil, Fernanda Saraiva.

Por meio de soluções, como o próprio SAP Concur e o SAP Qualtrics, é possível entender e captar, em tempo real, como os colaboradores estão se sentindo, se as expectativas estão sendo atingidas, se eles estão conseguindo realizar o trabalho e se estão mantendo a sanidade mental. Medir se as ações realizadas pelas empresas estão de acordo com o que o funcionário está esperando.

Quando as viagens corporativas retornarem, ferramentas tecnológicas serão imprescindíveis para uma boa experiência do colaborador, seja por meio dos recibos que são automaticamente digitalizados ou informações referentes ao país que ele estiver – caso precise ficar em lockdown, por exemplo, mostrar o que ele precisará fazer e manter o colaborador seguro. Muito será falado sobre esse retorno e como o funcionário se sentirá, por isso, cada vez mais será necessário ter tecnologias que entreguem esse tipo de informação.

“A palavra do momento é empoderamento. Queremos dar voz e empoderar todas as áreas da empresa a entenderem melhor os anseios dos colaboradores neste momento. Com isso, vamos conseguir tomar decisões baseadas em dados sólidos e isso é muito importante para o funcionário se sentir importante, saber que as decisões da companhia são baseadas também nas necessidades dele”, afirma o vice-presidente de Vendas do SAP Qualtrics, João Araújo.

Novas regras de viagens e de home office obrigam as empresas a repensarem suas estratégias e ações. As tecnologias sempre foram bastante utilizadas para a questão da produtividade e, agora, podem mudar um pouco o foco, voltando-se à humanização. Dando voz aos clientes, companhias e funcionários para oferecer um local de trabalho mais agradável e humano em meio a este período incerto pandemia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA