Tour House é mais uma TMC a implantar Reserve Travel e Enterprise

|

Divulgação
O CEO da Tour House, Alexandre Motta
O CEO da Tour House, Alexandre Motta
Após conquistar grandes empresas como Suzano, Totvs e o Grupo Ari de Sá, além de entidades corporativas como a CNI, o Senac, a FIESB e o COB, os sistemas Reserve Travel e Reserve Enterprise anunciaram um novo contrato, agora com a Tour House. A TMC associada Abracorp terá os dois sistemas para a gestão total de despesas corporativas das suas empresas clientes, incluindo gestão dos serviços de viagens.

“Estamos investindo na reconstrução do modelo de gestão corporativa, incluindo todas as despesas, além das viagens”, comentou o fundador e presidente da Tour House, Carlos Prado. “Acreditamos na recuperação da economia e no retorno dos negócios já em 2021”, complementou.

Solicitação, autorização e pagamento de adiantamentos, prestação de contas, reembolsos de qualquer tipo de despesa, além da gestão e conciliação de compras de materiais e equipamentos, contratação e pagamento de serviços, incluindo os das viagens corporativas, são atividades geridas pelo Reserve Enterprise, que atua ainda como plataforma descentralizada para processamento de transações integradas ao ERP da empresa.

"Investimos muito em pesquisa e desenvolvimento para entregar ao mercado um sistema no estado da arte", explicou o fundador e presidente do Reserve, Luís Vabo, sobre o novo Reserve Enterprise. "A resposta do mercado não poderia ter sido melhor, apesar do cenário atípico que a economia global está enfrentando", complementou.

O CEO da Tour House, Alexandre Motta, destacou “a conciliação de qualquer tipo de fatura, controle automatizado de política de despesas e de viagens com fluxo de autorização multinível, comparação integrada de serviços de mobilidade urbana, sistema integrado de business analytics e plataforma de gestão de contratos” como alguns dos recursos determinantes para a decisão da Tour House pelo sistema.

“Nosso roadmap de inovações continua evoluindo”, afirmou Sérgio Monteiro, sócio-diretor comercial do Reserve. “Nosso sistema de gestão de frotas - Reserve Fleet - e a comparação integrada de serviços de logística e delivery - Reserve Leve - são outros recursos que dificilmente serão vistos integrados em uma única ferramenta”, complementou o executivo.

“O mercado corporativo engajou no conceito gestão total de despesas”, comentou Solange Vabo, cofundadora e chairwoman do Reserve, à frente da estratégia de ampliar a oferta de serviços para as empresas, desde o início da pandemia. “Nosso propósito é oferecer sempre o que o cliente precisa e deseja”, concluiu.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA