CEO do Floripa Airport explica investimento no novo terminal

|


Marcos Martins
Tobias Markert, do Floripa Airport
Tobias Markert, do Floripa Airport
FLORIANÓPOLIS – Após 15 meses de obras, foi apresentado hoje o novo terminal do Aeroporto Internacional de Florianópolis, chamado Floripa Airport, que foi concessionado por 30 anos para o grupo suíço Zurich Airport, que investiu R$ 570 milhões no espaço. Desse valor, foram destinados R$ 550 milhões para a construção do novo terminal, que é quatro vezes maior que o antigo, e R$ 20 milhões para o Boulevard 14/32, um espaço que é atrativo não apenas para quem faz o seu embarque e desembarque, mas também para a população local. O novo terminal fica do outro lado da pista do terminal antigo, também no bairro de Carianos, só que com acesso por via diferente.

A estrutura do Floripa Airport oferece mais de 50 estabelecimentos comerciais, incluindo marcas como Starbucks, Mania de Churrasco, Nescafé, Casa do Pão de Queijo, Mormaii, entre outras, e um terraço panorâmico com vista para a pista de pouso e decolagem, disponível para visitantes. Em novembro ainda será inaugurado o lounge VIP, que foi terceirizado para a Global Lounge Network.

“Utilizamos materiais, sistemas e procedimentos inovadores. Somos o primeiro aeroporto do Brasil onde dá para subir e descer as escadas rolantes com os carrinhos de bagagem, o que evita problemas com elevadores insuficientes. Ainda temos bastante terreno livre e a ideia é construir mais empreendimentos imobiliários, incluindo centros de convenções, shoppings e hotéis nos arredores”, explica o CEO do Floripa Airport, Tobias Markert.

Marcos Martins
Uma das áreas de check-in do novo terminal
Uma das áreas de check-in do novo terminal
Com pista de 2,4 mil metros de comprimento (100 metros maior e alargada), o novo terminal possui dois andares, sendo um para embarque e outro para desembarque, 13 portões (11 domésticos e dois para o internacional), dez pontes de embarque (fingers), estacionamento com 2.580 vagas e 45 posições de guichês para check-in. Para bagagens são oito esteiras, sendo cinco para o doméstico, duas para o internacional e uma reversível.

“Há dois dias o aeroporto subiu para a categoria E, o que lhe dá capacidade para receber aeronaves maiores, em voos que cruzam o oceano. O aeroporto de Florianópolis recebe quatro milhões de passageiros anualmente, mas o novo terminal tem capacidade para oito milhões.”

CRONOGRAMA

O terminal antigo terá suas operações encerradas à 00h50 de segunda para terça-feira (1º de outubro) da próxima semana e o primeiro voo do novo terminal sai às 4h da madrugada. “Ainda não temos ideia do que fazer com o terminal antigo, que agora será fechado, mas no futuro desenvolveremos algum projeto”, comenta Markert.

Além de Florianópolis, a Zurich Airport tem a concessão dos aeroportos de Vitória (ES), Macaé (RJ) e 12,5% de participação na administração do BH Airport.

O Portal PANROTAS viaja a convite do Floripa Airport
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA