Volta de aéreas brasileiras à Flórida já tem data marcada

|

Divulgação
Orlando International Airport voltará a ter conexão da Latam para o aeroporto de Guarulhos no dia 1º de fevereiro
Orlando International Airport voltará a ter conexão da Latam para o aeroporto de Guarulhos no dia 1º de fevereiro
Em outubro, o Orlando International Airport (MCO) contava com uma volta das aéreas brasileiras em breve. Agora, já há uma data programada para a retomada das operações para o MCO e também para o aeroporto de Fort Lauderdale, ambos na Flórida. No MCO, a diretora de Marketing, Victoria Jaramillo, projetou a volta dos voos para o Aeroporto de Guarulhos (GRU) com a Latam no dia 1º de fevereiro de 2021, e a volta para Brasília (BSB) e Manaus (MAO) com a Gol no dia 27 de março.

No Fort Lauderdale-Hollywood International Airport, o gerente de Desenvolvimento de Negócios do aeroporto, Steve Belleme, projetou a retomada de operações da Azul para Belém no dia 1º fevereiro de 2021 e para Belo Horizonte no dia 3 de fevereiro de 2021.

Os anúncios foram realizados hoje (8), durante a quinta edição do Florida Connection para abordar as operações dos aeroportos do Estado. O intuito do evento virtual do Visit Florida é entregar as informações mais atualizadas sobre seus parceiros aos operadores brasileiros. Em edições passadas do evento, foram abordadas cidades complementares a Orlando e Miami, a retomada hoteleira no Estado e parques alternativos a Disney e Universal, por exemplo.

Estiveram presentes no encontro, as diretoras de Marketing e Trade do Visit Florida, Lydia Williams e Lauren Pace; a diretora de Marketing e experiência do consumidor do Orlando International Airport (MCO), Victoria Jaramillo; o gerente de Desenvolvimento de Negócios do Fort Lauderdale-Hollywood International Airport, Steve Belleme; o chefe do departamento de Marketing do Miami International Airport, Jimmy Nares; e a VP de Comunicações do Tampa International Airport, Veronica Citron.

Confira abaixo como estão operando os aeroportos de Orlando, Fort Lauderdale-Hollywood, Miami e Tampa.

MIAMI

Em 2019, o Miami International Airport recebeu 45,9 mihões de passageiros, sendo que foi o terceiro com mais chegadas de estrangeiros nos Estados Unidos, atrás apenas do JFK em Nova York e do LAX em Los Angeles, e o primeiro aeroporto com mais carga transportada internacionalmente. Jimmy Nares, chefe do departamento de Marketing do aeroporto, colocou o Brasil como o principal parceiro de negócios internacional e destacou os 14 serviços diretos para cidades brasileiras, sendo sete delas de passageiros.

Com a pandemia do coronavírus, o número de passageiros diários caiu significativamente no aeroporto de Miami, registrando queda de 40% em dezembro na comparação ano a ano. Para combater o momento desafiador, o Miami Airport instalou sinalização promovendo distanciamento social, direcionando passageiros e solicitando o uso de máscaras; instalou barreiras entre as estações de check-in e otimizou a limpeza e sanitização de todas as aéreas.

Apesar da queda do transporte de passageiros, o transporte de carga do aeroporto permanece alto e Jimmy Nares espera um ano recorde em 2020, além de esperar que seja um centro importante na distribuição das vacinas para covid-19.

FORT LAUDERDALE

Com cerca de 85% do tráfego voltado para o lazer, o Fort Lauderdale-Hollywood International Airport vem gradualmente se recuperando, alcançando metade das operações de novembro de 2019 no último mês na comparação ano a ano. Em dezembro, o aeroporto atingirá 48 operações diárias, uma queda de 52% comparado ao mesmo mês de 2019. Em 2019, eram 102 operações diárias para 56 destinos em 28 países. Hoje, o aeroporto conta 48 saídas diárias para 39 destinos em 21 países.

Em 2019, o aeroporto transportou 36,7 milhões de passageiros durante o ano. Em 2020, entre janeiro e outubro, o aeroporto transportou 13,4 milhões de passageiros, representando uma queda de 56% ano a ano.

Steve Belleme, gerente de Desenvolvimento de Negócios, destacou a inauguração de um centro de testes para covid-19 no aeroporto amanhã (9). O centro com dois tipos de teste, sendo que o de antígeno tem resultados em 30 minutos e o teste PCR tem resultados entre 24 e 48 horas. O centro ficará aberto entre as 7h e 21h diariamente durante a alta temporada do final do ano.

TAMPA
Divulgação/Tampa Airport
O Tampa International Airport lançou um programa de testes para covid-19 em outubro
O Tampa International Airport lançou um programa de testes para covid-19 em outubro
Em abril, o aeroporto experimentou uma queda de 96% de passageiros, chegando a menos de três mil passageiros diários. Com a pandemia, foi organizado o #TPAREADY, programa de recuperação com cinco componentes principais: espaços seguros e limpos; comunicação clara; resiliência organizacional com home office para equipe não essencial; fortalecimento do negócio com programas de assistência e cortes de custos; e a promoção da recuperação econômica ao apoiar empresas locais e empregos na área de Tampa.

O Tampa International Airport também conta com sinalizações de distanciamento e reforço do uso da máscara, além de um programa de testes lançado no dia 1º de outubro, que oferece testes PCR e antígeno para passageiros que estejam saindo ou chegando ao aeroporto. Até o momento, foram realizados 8500 testes no centro com uma taxa de positividade abaixo de 2%.

ORLANDO

Em outubro, o tráfego do Orlando International Airport caiu 62% comparado ao mesmo mês de 2019. No total do ano, é esperada metade dos passageiros de 2019, com cerca de 25 milhões. Em 2019, foram 50,6 milhões de passageiros transportados. O MCO foi o primeiro aeroporto da Flórida a atingir a marca dos 50 milhões.

Desde o ápice da pandemia em abril, o aeroporto vem se recuperando gradualmente e agora já conta com 80 das 91 operações domésticas e 32% dos destinos internacionais, com 17 operações atualmente. A diretora de Marketing do MCO, Victoria Jaramillo, destacou que ontem (7), o aeroporto foi o segundo com mais passageiros nos EUA, e durante o feriado de Ação de Graças, foi o número um por cinco dias consecutivos.

O aeroporto também conta com todos protocolos em dia, incluindo limpeza aprimorada, práticas seguras, barreiras de proteção, uso de máscaras obrigatório e mais de 100 estações de higienização das mãos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA