EMPRESAS

Mais de 127 mil pax da Thomas Cook já voltaram para casa

Mais de 127 mil passageiros afetados pela falência da Thomas Cook já conseguiram retornar para suas respectivas casas. De acordo com a Autoridade de Aviação Civil do Reino Unido, a Operação Matterhorn pode ser considerada a maior operação de repatriamento já vista em tempos de paz.

Pixabay/Robertescu
Operação Matterhorn começou no último dia 23
Operação Matterhorn começou no último dia 23
Nos cinco primeiros dias da missão de embarcar turistas deixados para trás pela gigante do Turismo, mais de 76 mil pessoas já haviam sido transportadas em um total de 343 voos. Até o momento, a força-tarefa utilizou 130 aeronaves.

LEIA TAMBÉM
Operadoras brasileiras reagem à falência da Thomas Cook
Schultz sobre Thomas Cook: "não foi nenhuma surpresa"
Thomas Cook: erro de estratégia ou vítima do mercado?

“Continuamos trabalhando contra o relógio para concluir a missão de trazer todos os mais de 150 mil passageiros da Thomas Cook em viagens em um prazo de duas semanas. Ao mesmo tempo, estamos focados em reembolsar os mais de 360 mil clientes da empresa que já haviam pago por reservas”, disse o diretor executivo da Autoridade de Aviação Civil do Reino Unido, Richard Moriarty.

De acordo com o órgão britânico, a Operação Matterhorn seguirá até o próximo domingo (6).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA