Delta descarta aumento de participação na Alitalia

|

Mesmo com a concorrência da Lufthansa, a Delta Air Lines descarta o aumento de sua participação proposta em um consórcio que deve reestruturar a Alitalia. Segundo um porta-voz da norte-americana, a Delta continua com sua oferta de 100 milhões de euros por uma participação de 10% no grupo que controlará a italiana. As informações são da agência de notícias ANSA.

Divulgação
O governo estabeleceu como data limite para ofertas à Alitalia o dia 21 de novembro. A alemã Lufthansa já sinalizou seu interesse em participar da licitação, planejando injetar até 150 milhões de euros e realizar um corte de cinco a seis mil empregos para trazer a companhia italiana de volta às operações.

Atualmente, a Alitalia conta com uma liquidez de 160 milhões de euros, com risco de acabar em algum momento no mês de dezembro. Em outubro, o governo da Itália concedeu à companhia um empréstimo para cobrir seis meses de operações.

Recentemente, várias companhias aéreas europeias encerraram suas operações devido à falta de crédito, são elas: Thomas Cook, Adria, Aigle Azur, XL e no início deste ano, WOW, Germania e Flybmi.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA