Delta Air Lines registra lucro líquido de US$ 1,2 bi no 3T21

|

A Delta Air Lines registrou lucro líquido de US$ 1,2 bilhão no terceiro trimestre. O resultado foi divulgado hoje (13), em balanço que revela os índices financeiros da companhia de julho a setembro. O indicativo anunciado representa reversão de prejuízo visto um ano antes e valor 19% menor que o apurado no mesmo período de 2019, quando aa pandemia ainda não fazia parte do contexto.

Divulgação
A Delta Air Lines divulgou um relatório com os resultados financeiros do terceiro trimestre
A Delta Air Lines divulgou um relatório com os resultados financeiros do terceiro trimestre
O mesmo relatório mostra também que a empresa teve receita operacional de US$ 9,1 bilhões entre julho e setembro. Esse índice significa aumento ante os US$ 3 bilhões registrados um ano antes, mas ainda é 27% menor que o visto no terceiro trimestre de 2019.

“Nosso trimestre de setembro foi um marco importante em nossa recuperação, com nosso primeiro lucro trimestral desde o início da pandemia”, disse o diretor executivo da aérea, Ed Bastian. “Nossas receitas alcançaram dois terços dos níveis de 2019 graças ao desempenho operacional que nosso pessoal entregou durante um verão (do Hemisfério Norte) movimentado, mostrando mais uma vez por que eles são os melhores nesse negócio”, completou.

A companhia gerou ainda US$ 151 milhões em fluxo de caixa operacional no trimestre e terminou setembro com liquidez de US$ 15,8 bilhões. Os custos operacionais somaram US$ 6,9 bilhões e, os com combustível, US$ 1,5 bilhão.

PROJEÇÕES
“Enquanto a demanda continua a melhorar, o recente aumento no preço dos combustíveis pressionará nossa capacidade de permanecermos rentáveis para o trimestre de dezembro. Conforme a recuperação avança, estou confiante em nosso caminho para a lucratividade sustentada à medida em que continuamos a oferecer o melhor serviço da categoria aos nossos clientes e fortalecendo a preferência por nossa marca, ao mesmo tempo em que criamos uma companhia aérea mais simples e eficiente”, pondera Bastian.

A aérea avalia que a capacidade deve ficar em 80% do verificado em 2019 entre outubro e dezembro. A projeção de gerações de receitas nesse ínterim é de alcançar 70% do registrado naquele ano.

Outra divulgação recente da Delta foi a das ações sustentáveis que a empresa vem desenvolvendo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA