Jerome Cadier fala sobre conquistas da Latam pós-Chapter 11

|

Em outubro, a Latam Brasil seguiu na liderança no transporte de passageiros no mercado doméstico. Segundo dados da Anac, a companhia aérea deteve 37,8% da participação no mês. Ao longo de novembro, a empresa terá 90% da sua oferta doméstica de assentos retomada em relação aos números pré-pandemia, com 541 voos nacionais diários pelo País.

Além disso, a transportadora sul-americana também foi reconhecida como a companhia aérea mais pontual do Brasil nos dez primeiros meses de 2021, liderando o ranking da Cirium, empresa especializada em análise de dados da aviação, com 95,28% dos voos operados no horário desde janeiro.

Confira abaixo uma carta aberta do CEO da Latam Brasil, Jerome Cadier, sobre as operações neste mês, novos destinos e retomada dos voos internacionais.

Divulgação
Jerome Cadier, CEO da Latam Brasil
Jerome Cadier, CEO da Latam Brasil
"A Latam decola mais eficiente, ágil e com mais destinos de norte a sul. Avança para todos os brasileiros viajarem mais e melhor. É isso que nos faz voar.

Todos vivemos momentos difíceis nos últimos 18 meses. Tempos de incerteza e reflexão. Na Latam não foi diferente. Passamos dias sem grande parte dos nossos clientes e pousamos a maioria dos nossos aviões. Apesar de tudo, decidimos abraçar a oportunidade de fazer diferente. No meio da maior crise da aviação mundial, buscamos um caminho para estarmos prontos para quando o mundo voltasse a voar.

Esse momento chegou e temos boas notícias para contar. Estamos mais fortes e saudáveis, oferecemos mais opções de voos para os nossos clientes e contratamos para o mercado brasileiro de aviação mais de 2 mil pessoas ao longo deste ano.

Avanços que conquistamos graças à decisão de aderir voluntariamente ao processo do Capítulo 11 nos Estados Unidos, e que agora está já está em fase final de negociação com credores e investidores. Veja o que realizamos até agora:

Agora em novembro
Retomamos no Brasil quase 90% da nossa oferta doméstica de assentos em comparação com novembro de 2019 (período anterior à pandemia).

Estamos operando 541 voos nacionais diários no Brasil e continuamos sendo a empresa mais pontual do mundo. Nossa malha aérea fortalecida contribuirá para conseguirmos atender a demanda da alta temporada.

Reabrimos em novembro mais 15 rotas nacionais: Belém-Macapá, Porto Seguro-Brasília, Brasília-Foz do Iguaçu, Brasília-Navegantes, Brasília-Palmas, Brasília-Uberlândia, Belo Horizonte/Confins-Fortaleza, Curitiba-Rio de Janeiro/Santos Dumont, Fortaleza-Maceió, Fortaleza-Natal, Fortaleza-Recife, Fortaleza-São Luís, Fortaleza-Salvador, Manaus-Porto Velho e São Luís-Teresina.

Novos destinos no Brasil
Já superamos no Brasil os 44 aeroportos nacionais que atendíamos antes da pandemia, e já voamos regularmente para 47 destinos no País, incluindo as inaugurações recentes de voos para Comandatuba, Juazeiro do Norte e Petrolina.

Lançaremos mais 2 destinos em dezembro: Jericoacoara e Vitória da Conquista.

Abriremos operações para mais 6 novos destinos no primeiro trimestre de 2022: Presidente Prudente, Bauru, Juiz de Fora, Cascavel, Caxias do Sul e Sinop. Estamos em negociações com as autoridades de Fernando de Noronha para futuramente operarmos para a ilha.

Prevemos lançar mais 10 novos destinos no Brasil até o fim de 2022.

Liderança e expectativa no Brasil
Somos líderes no mercado doméstico em quantidade de passageiros transportados há 3 meses conforme dados oficiais da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Esperamos fechar o ano de 2021 com a volta de quase 100% da oferta total de 2019 e estarmos com a nossa oferta de assentos (em ASK) em janeiro de 2022 5% acima do que no mesmo período de 2019.

Retomada dos voos internacionais
Já estamos operando voos do Brasil para 16 destinos internacionais a partir do Brasil: Santiago, Assunção, Barcelona, Bogotá, Buenos Aires (Ezeiza e Aeroparque), Mendoza, Lima, Montevidéu, Cidade do México, Frankfurt, Lisboa, Madri, Paris, Miami e Nova York.

Voltaremos para mais 2 destinos em dezembro: Orlando e Londres.

Vamos duplicar a nossa malha internacional entre novembro deste ano e março de 2022. A retomada está se acelerando com a abertura dos Estados Unidos.

Expansão do codeshare com a Delta
Acabamos de expandir o nosso codeshare com a Delta para melhorar a conectividade entre a América do Norte e a América do Sul. Os clientes terão acesso a mais de 20 rotas entre Estados Unidos e América do Sul, além de mais de 70 destinos nos Estados Unidos e 40 na América do Sul.

Avião Solidário
Transportamos gratuitamente 160 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 para todos os estados brasileiros, buscando ser parte da solução e contribuir com a superação da pandemia, apoiando todo o Brasil na retomada de sua atividade econômica.

Tudo isso mostra que estamos no caminho certo. E que somos a companhia aérea mais bem preparada para reconectar o Brasil e o mundo. Esse voo é de todos. Evoluir sempre, para oferecer o melhor. É isso que nos faz voar."


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA