American oferece descontos em testes de covid-19 no Brasil

|

Unsplash/Mafid Majnun
Para fazer o teste com desconto, os passageiros devem apresentar o bilhete aéreo da companhia
Para fazer o teste com desconto, os passageiros devem apresentar o bilhete aéreo da companhia
A partir deste mês, os passageiros da American Airlines podem optar por realizar seus testes e sorologia de covid-19 em três redes diferentes de laboratórios, com condições especiais de valores. Para facilitar a testagem, obrigatória para o embarque em qualquer voo para os Estados Unidos e maioria dos países, a companhia se juntou às redes DASA, Hospital Israelita Albert Einstein e ContraProva, que oferecem testes do tipo RT-PCR e Antígeno nos próprios laboratórios, aeroportos ou por meio de coletas em domicílio.

"O bem-estar dos passageiros sempre foi uma de nossas prioridades. Neste momento, principalmente, entendemos a necessidade de se sentirem seguros para viajar com mais tranquilidade", disse o diretor de Vendas da American Airlines para o Brasil, Alexandre Cavalcanti.

Para o passageiro da American Airlines realizar a testagem com as condições especiais de valores, é preciso apresentar o bilhete aéreo comprovando a viagem no momento do agendamento do exame, que pode ser feito por meio do site oficial ou telefone de cada laboratório.

A rede Dasa conta com marcas como Delboni Auriemo, Alta e Lavoisier, nos quais oferece testes RT-PCR a serem realizados em laboratório, com resultados disponíveis entre 48 e 72 horas. O Hospital Israelita Albert Einstein oferece as testagens RT-PCR e Antígeno nos aeroportos de Guarulhos (SP) e Galeão (RJ), com resultados em até quatro horas, além de atendimento nas Clínicas Einstein mediante apresentação do e-ticket da American Airlines. Já o laboratório ContraProva, localizado no Rio de Janeiro, aplica os tipos RT-PCR e Antígeno por meio de coleta domiciliar, com resultados ema té 24 horas, além de disponibilizar o serviço de drive-thru em suas unidades da Barra da Tijuca (Shopping Aerotown e Convenções Ribalta), sem a necessidade de agendamento prévio.

De acordo com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), a testagem de covid-19 deve ser realizada até 24 horas antes da viagem. Os passageiros que chegam testados reduzem o risco de contágio no aeroporto e permitem a reacomodação antecipada aos viajantes com resultado positivo. Se o teste for necessário como parte do processo de viagem, é recomendado que seja feito no embarque, com opções de testagens disponibilizadas nos aeroportos de cada estado.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA