Alitalia volta em setembro com Roma-São Paulo 3 vezes por semana

|

Artur Luiz Andrade
O diretor da Alitalia no Brasil, Nelson de Oliveira, aproveitou a primeira noite de pizza, em encontro virtual organizado pelo Enit (Turismo da Itália), para anunciar que a empresa voltará a voar para o Brasil em setembro.

Segundo ele deverão ser três frequências semanais entre Roma e São Paulo, e aos poucos a companhia irá retomando sua capacidade até chegar aos três diários entre o Brasil e a Itália (dois de Guarulhos e um do Rio).

“A Alitalia nunca havia deixado de voar para o Brasil em mais de 70 anos, mas não precisamos detalhar o impacto da pandemia na aviação. A companhia está em processo de retomada, garantiu apoio do governo na reestruturação (como Alitalia Tai, que será lançada em breve) e voltamos em setembro com nosso voo para o Brasil”, disse o executivo.

LEIA AQUI SOBRE A ALTALIA TAI

Artur Luiz Andrade
DESTINO PRONTO

Fernanda Longobardo, diretora do Enit, disse que a Itália está bastante rigorosa com as medidas de saúde para combate à covid-19 e hoje é um país seguro. “Logo os brasileiros estarão de volta e nós estaremos comendo essa pizza em Nápoles ou outro destino italiano”.

O Enitvai realizar 25 encontros com agentes de viagens, operadores e jornalistas, em um total de 500 pizzas para os participantes, para mostrar que o destino está pronto para receber os turistas brasileiros de volta. “O Enit está presente no Brasil e à disposição de todo o trade para qualquer informação sobre protocolos, atrações, destinos”, afirmou. O Enit também iniciou um trabalho com influenciadores para divulgar a gastronomia da Itália nessa pré-retomada.

Participaram desse primeiro encontro convidados como Nelson de Oliveira, da Alitalia, Magda Nassar, da Abav, Roberto Nedelciu, da Braztoa, Lucila Nedelciu, da Raidho, Luciane Leite, da WTM Latin America, Clovis Casemiro, da IGLTA, e Marco Ferraz, da Clia, entre outros convidados. Cada participante recebeu em casa uma pizza e uma sobremesa (da Casa da Pizza), além de um guia sobre a Itália.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA