COMER E BEBER

Suécia cria maior restaurante de comida natural do mundo

Em nova iniciativa global, a Suécia quer mostrar para o mundo como a comida saudável pode ser fácil e acessível. Em parceria com quatro chefs consagrados pelo guia Michelin, o país está lançando o projeto The Edible Country (“O País Comestível”, em português) – um restaurante gourmet de 100 milhões de acres que permite que o visitante encontre e cozinhe a própria comida no meio da selva.

Divulgação/ Visit Sweden The Edible Country
A iniciativa The Edible Country permite que os participantes busquem os ingredientes e cozinhem os próprios alimentos no meio da selva
A iniciativa The Edible Country permite que os participantes busquem os ingredientes e cozinhem os próprios alimentos no meio da selva
A iniciativa é completamente gratuita e as mesas podem ser reservadas entre maio e setembro pela plataforma Bookatable.

COMO FUNCIONA?

O menu consiste em ingredientes nativos da região e o método de funcionamento é bastante simples: sete mesas de madeira, feitas à mão, foram espalhadas ao redor do país com instrumentos de cozinha prontos para o uso. Ao chegar no local, os participantes encontrarão instruções sobre onde achar os ingredientes e como os prepara-los corretamente. Os estados abrangidos pelo projeto serão Escânia, Suécia Ocidental, Lapland, Jämtland, Småland, o arquipélago de Estocolmo e Värmland.

Os pratos do menu – assinados pelos renomados chefes Titti Qvarnström, Niklas Ekstedt, Jacob Holmström e Anton Bjuhr -, irão variar de acordo com a estação, de modo que possam ser encontrados no meio natural independente da época do ano. Dentre eles estão manteigas de ervas grelhadas, carnes frescas defumadas com chanterelles e oxalis.



Para a chefe do departamento de Experiencia da Visit Sweden, Jennie Skogsborn Missuna, o The Edible Country é uma nova forma dos participantes se conectarem com a natureza.

“Por volta de 96% da Suécia é inabitável e mesmo assim pode ser facilmente acessada por todos. Nossa natureza está repleta de ingredientes comestíveis e nós queremos convidar todo o planeta para os apreciarem e ao mesmo tempo imergirem na natureza do jeito que os suecos fazem”.

O fato de os visitantes explorarem o ambiente e transformarem a natureza em comidas gourmet também seria uma forma de promover essa aproximação por meio do The Edible Country com o natural.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA