PARQUES TEMÁTICOS

Conheça Star Wars: Galaxy's Edge em 100 fotos exclusivas

Artur Luiz Andrade
ANAHEIM – O IPW 2019 está oficialmente aberto. E com festa na Disneyland, em Anaheim, Califórnia, dois dias após a abertura da área mais aguardada no mundo dos parques temáticos este anos – Star Wars: Galaxy’s Edge, uma terra imersiva do mundo de Guerra nas Estrelas (Star Wars), marca que pertence ao império Disney.

A nova área é um mergulho em um mundo que existe no cinema, na saga Star Wars, mas que tem sua própria história em Disneyland, com a ambientação ocorrendo em Batuu, mas com personagens conhecidos, como Chewbacca, Rey, Kylo Ren e os Stormtroopers.

A terra de Star Wars, que em 29 de agosto será aberta também no Disney’s Hollywood Studios, em Orlando, na Flórida, teve inaugurada apenas uma de suas duas atrações previstas. Millennium Falcon: Smugglers Run permite que seis participantes por vez pilotem a nave de Han Solo e Chewbacca (agora de Rey e Chewbacca na trilogia que se encerra este ano – o nono capítulo da história de Luke e Leia Skywalker), em um simulador onde cada um desempenhará um papel, como piloto, engenheiro e atirador.

A segunda atração, considerada a melhor das duas, com tecnologia revolucionária, só virá em uma segunda fase, ainda este ano (em Orlando essa segunda fase será em novembro, ao lado de uma série de outras inaugurações). Será Star Wars: Rise of the Resistance.
Artur Luiz Andrade
Millennium Falcon da Disneyland tem mais de 30 metros de comprimento
Millennium Falcon da Disneyland tem mais de 30 metros de comprimento

QUANDO VISITAR?

Então vale a pena esperar para ver tudo de uma vez? Sim e não. Sim, porque para os visitantes internacionais, uma viagem à Disney (seja na costa oeste ou leste dos Estados Unidos) é algo que não se faz toda semana, portanto, para quem é fã de verdade da série, melhor ver o produto completo.

E não porque a área, com 56,6 mil metros quadrados, a maior da história dos parques Disney, não é apenas suas duas atrações. Trata-se de uma imersão única e detalhista no mundo de Star Wars, com muita história do lado de fora, de dia e de noite, apresentações dos personagens, lojas com produtos, restaurantes com menu especial (até a Coca-Cola criou uma embalagem especial para ser servida em outro planeta) e um trabalho estupendo dos imagineers da Disney. Ou seja, se você já marcou viagem, aproveite e se delicie com esse novo mundo de Star Wars na Disney.

De acordo com a vice-presidente de Vendas dos parques Disney, Claire Bilby, Star Wars permite que a Disney continue fazendo o que faz melhor, contar histórias, e ao mesmo tempo atrair fãs de uma saga que não necessariamente eram fãs de parques ou mesmo da Disney. Cria-se assim mais demanda para os parques Disney.

O presidente da Disneyland, Josh D’Amaro , disse que a decisão de abrir em duas fases veio de grande pressão dos fãs, ansiosos por verem logo a nova área. E os dois primeiros dias foram de respostas entusiasmadas. “Muitos choravam ao entrarem na nova terra de Disneyland e verem o mundo de Star Wars ao alcance das mãos e olhos”, disse ao Portal PANROTAS. Uma dessas fãs que choraram foi Barbara Picolo, da Flytour Viagens, que esteve entre as primeiras a experimentarem a atração da Millennium Falcon na festa de abertura d IPW 2019.
Artur Luiz Andrade
Josh D'Amaro, presidente de Disneyland, e Claire Bilby, VP de Vendas da Disney Destinations
Josh D'Amaro, presidente de Disneyland, e Claire Bilby, VP de Vendas da Disney Destinations

EXPERIÊNCIA

A lata velha mais rápida da galáxia está majestosa na entrada da atração e é alvo de inúmeras fotos dos visitantes, de dia e de noite, pois a mudança de luz faz toda a diferença.
Depois de O Último Jedi, oitavo filme da série, Chewbacca levou a Falcon para o Black Spire Outpost para consertos necessários. Em troca das peças de que precisava ele empresta a nave para Hondo Ohnaka, um malandro das galáxias. Ohnaka aparece nas séries de TV The Clone Wars e Star Wars Rebels e acaba pedindo ajuda de tripulantes extras (nós) para transportar excesso de carga.

No cockpit os participantes se dividem em dois pilotos, que vão na fileira da frente do simulador, dois engenheiros e dois atiradores.

Artur Luiz Andrade
A atração foi criada em parceria da Industrial Light & Magic e da Walt Disney Imagineering e no percurso, cujo objetivo é desviar de obstáculos e inimigos, e não deixar a nave se espatifar, há até os saltos na velocidade da luz.

Quem for visitar a nova área em Dsineyland em junho deve fazer reserva prévia pelo site do parque. Em julho a visitação estará liberada sem reserva, mas com a capacidade monitorada pela Disney. Segundo D’Amaro não houve aumento no preço do ingresso por conta da inauguração.

E de acordo com Claire Bilby a visita à Disneyland pode ser tão atrativa aos brasileiros quanto Disney World. “São experiências diferentes. Aqui na Califórnia geralmente precisa-se de três dias de visita, enquanto em Orlando pelo menos sete noites. Há terras e atrações diferentes, como Cars Land, Guardiões da Galáxia e Pixar Pier, mas outro atrativo é que os visitantes exploram outros destinos e praias da Califórnia na visita, diferente de Orlando onde há concentração nos parques”, explica ela, incentivando os brasileiros a explorarem também Disneyland, que conta com dois parques e três resorts.

Em 2020, Disneyland inaugura uma nova terra Marvel Land, com os personagens do Marcel Cinematic Universe, que também pertence à Disney.

Confira abaixo mais fotos de Star Wars: Galaxy’s Edge, na Disneyland.
O Portal PANROTAS viaja a convite do IPW 2019 e da United Airlines, com proteção da GTA

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA