PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

São Francisco expande representação na Am. do Sul com SMI


Divulgação/Visit California
Golden Gate Bridge, em São Francisco
Golden Gate Bridge, em São Francisco


A cidade de São Francisco, na Califórnia (EUA), quer expandir suas estratégias de divulgação nos países da América do Sul. A cultura, atrações, gastronomia e paisagens naturais terão todas as suas informações reunidas para encantar e auxiliar os visitantes. O destino é considerado um dos dez mais desejados para morar, visitar e trabalhar, segundo o ranking da Resonance — Londres, Paris, Tóquio, Moscou e Dubai também entram na lista.


[-Divulgação-]
Da esquerda para a direita: o diretor Newton Vieira e o gerente de Marketing Igor Romeu (SMI), os diretores Cristina Rio Branco e André DeBiase e a profissional de atendimento Bianca Silveira (Palavra)
Da esquerda para a direita: o diretor Newton Vieira e o gerente de Marketing Igor Romeu (SMI), os diretores Cristina Rio Branco e André DeBiase e a profissional de atendimento Bianca Silveira (Palavra)

As estratégias de divulgação do destino no Estado californiano são aplicadas pela SMI, Palavra Assessoria de Comunicação e Vanguard Marketing — a SMI representa São Francisco no Brasil desde os anos 2000. Agora, a SMI passa a atuar, além do Brasil, na Argentina, Chile, Uruguai e Colômbia. A empresa trabalha há mais de 30 anos no mercado de Turismo (começou como South Marketing), com contas como Enterprise (da locadora Alamo) e Design Hotels.


[-Divulgação-]
O diretor da Vanguard, Mariano Stabielli (o primeiro à direita no degrau mais acima), com o time da empresa<br>
O diretor da Vanguard, Mariano Stabielli (o primeiro à direita no degrau mais acima), com o time da empresa

“São Francisco tem grande necessidade de se promover como destino completo, assim como as cidades próximas, que podem competir diretamente com a Europa, nossa principal concorrente”, afirma o diretor da SMI, Newton Vieira. A cada ano, cerca de 58 milhões de passageiros viajam pelo aeroporto de São Francisco. De 2017 para 2018, o número de turistas brasileiros por lá cresceu 10,17%, mais que os holandeses, franceses e indianos.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA