Hotel-castelo reabre na Itália e investe no Brasil

|

Divulgação
O Castello di Verona investirá no turista brasileiro
O Castello di Verona investirá no turista brasileiro
Em junho, o Castello di Velona reabrirá suas portas com a reabertura das fronteiras italianas aos turistas após uma trégua da pandemia do coronavírus. O hotel localizado na região da Toscana é um patrimônio histórico tombado pela Unesco, faz parte da luxuosa coleção de hotéis do Leading Hotels of the World, e agora conta com representação para o mercado brasileiro através da Gold Stamp Travel Branding.

A empresa será responsável por representar o hotel-castelo no Brasil assuntos de vendas, desenvolvimentos de negócios, marketing e relações públicas. “O hotel vai de encontro ao que os viajantes do turismo de luxo estarão buscando neste período pós pandemia: relaxar em um lugar exclusivo, vivendo experiências únicas para poucos grupos”, afirmou um dos sócios da Gold Stamp Travel Branding, Renato Carneiro.

O Castello di Velona está localizado em meio a oliveiras e vinhedos com uma vista de 360º para toda região do Vale d’Orcia. São 45 quartos e suítes, algumas com afrescos e teto em carvalho, um conjunto de piscinas de águas termais conectadas ao Spa Olispa. Para os amantes da alta gastronomia, há um programa chamado Dine Around onde o hóspede pode escolher seu plano de refeições em oito restaurantes, sendo três no próprio Castelo (Settimo, Il Brunello e Dolce Vita) e oito em restaurantes da região, sendo quatro deles detentores de estrelas Michellin.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA