Os cuidados indispensáveis na volta da hotelaria no Brasil

|

Webinar foi transmitido pelo canal da R1 no Youtube e teve a moderação de Simone Scorsato, da BLTA
Webinar foi transmitido pelo canal da R1 no Youtube e teve a moderação de Simone Scorsato, da BLTA
Ensaiando a retomada das operações, os hotéis preparam uma nova rotina para garantir segurança e confiança no retorno de seus hóspedes. O desenho desse novo atendimento foi debatido hoje (5) no Webinar Hospitalidade Segura, no canal da R1, no Youtube.

No bate-papo, o diretor de Operações da Accor no Brasil, Carlos Bernardo, contou como a empresa trabalha a retomada e os cuidados que vem implementando. De acordo com o executivo, a primeira ação acontece no layout das recepções de unidades Accor, procurando ampliar os espaços para gerar distanciamento e até instalando itens como tapetes bactericidas e barreiras físicas - de vidro ou material acrílico - entre recepcionista e hóspedes.

Outros protocolos essenciais na visão de Bernardo são a medição de temperatura para e instruções para que a equipe saiba como agir em hóspedes que apresentam sintomas, até o entendimento de quando é necessário encaminhar esse cliente a uma unidade de saúde. "Também devemos dar atenção especial à comunicação, para que o hóspede entenda o que estamos fazendo e como", reforça.

Um dos símbolos da hotelaria carioca, o Belmond Copacabana Palace prepara a reabertura (marcada para agosto) com alguns cuidados redobrados. "Estamos incentivando o hóspede a fazer processos como check-in e check-out totalmente on-line. O incentivo também vale para o vallet, com os hóspedes estacionando seu carro", aponta a gerente de Hospedagem do meio de hospedagem carioca, Renata Portes.

O Belmond também investiu num totem de medição de temperatura instalado na recepção e terá um profissional de saúde pronto para atendimento ao longo do dia.

A média dessas ações também será aplicada no Refúgio Ecológico Caiman, no Pantanal mato-grossense. Segundo a gerente do empreendimento, os processos de limpeza devem ser intensificados mas não haverá mudanças drásticas. "Vamos manter a limpeza diária e intensificar os procedimentos", afirma.

Já no Costão do Santinho, em Santa Catarina, a chave da mudança está nos treinamentos, que já ocorrem a cerca de um mês e meio para a volta. De acordo com a coordenadora de Governança, Aurelice Santos, o resort terá uma lógica já definida e treinada. Segundo a coordenadora, a equipe de limpeza de quartos será dividida em duas. Uma recolhe os enxovais e itens do quarto enquanto a segunda volta no dia seguinte, com o apartamento arejado, para fazer a limpeza.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA