Casai chega ao País com oferta de 'smarthomes' e aberta a agentes

|


Divulgação
Luiz Eduardo Mazetto, general manager da Casai no Brasil
Luiz Eduardo Mazetto, general manager da Casai no Brasil
O Brasil está ganhando mais uma empresa no setor de aluguel de hospedagens. A startup Casai desembarcou recentemente no País e já conta com 100 unidades em São Paulo, espalhadas por Pinheiros, Jardim, Itaim Bibi, Vila Olímpia e outros bairros nobres.

A oferta, ainda pequena, deve crescer, mas não em proporções esmagadoras a exemplo de concorrentes como o Airbnb. Isso porque a proposta da Casai é ter o controle total do imóvel em longo prazo, para poder adequá-lo à sua maneira e deixá-lo no conceito de "hospedagem inteligente".

Divulgação
Um dos apartamentos da Casai localizados na Vila Olímpia, em São Paulo
Um dos apartamentos da Casai localizados na Vila Olímpia, em São Paulo
Fundada no México, a Casai promete uma experiência de "alta qualidade e totalmente interativa para seus hóspedes", com casas 100% conectadas e gerenciadas por meio de dispositivos próprios, como o Butler, hub de serviços que permite aos usuários fazer self check-in sem a necessidade de uma chave física e ter acesso a uma série de facilidades por meio do app. Serviço de conciergeria digital também é outro diferencial citado pela companhia, que chega ao País com financiamento de mais de R$ 300 milhões.

"Passamos por rodadas de investimentos e o mais importante nelas foi que atraímos a atenção de empresas totalmente dedicadas a aportar em companhias com alto valor proposto de tecnologia. Isso é o que queremos ser. Nosso DNA de tecnologia está muito dentro de nosso produto", afirma o general manager da Casai para o Brasil, Luiz Eduardo Mazetto.

"Oferecemos smarthomes proativas, que oferecem serviços e expertise aos hóspedes para que eles saibam que estão ficando em um imóvel com a marca Casai e queiram voltar. Entendemos o que os clientes mais gostam do serviço hoteleiro e tentamos levar esses serviços a eles em um imóvel, para que ainda assim continue tendo a experiência, o conforto e a privacidade de uma casa. Não é à toa que também temos um foco muito importante em design. Temos rigorosa curadoria", completa.

O modelo da Casai é verticalizado, para que a empresa cuide da experiência do cliente de ponta a ponta. Diferentemente do modelo do Airbnb, a empresa retém o calendário e a casa sob seus cuidados e fica com esses direitos em longo prazo, conforme contratos com proprietários de imóveis ou até mesmo com grandes incorporadoras que pretendem rentabilizar seus imóveis, mas não queiram operá-los.

"Trabalhamos com modelos variados, desde gerenciamento de propriedades até sublocações. Vai depender do imóvel, da localização e do público que imaginamos para aquele espaço. Em seguida, nós transformamos os espaços negociados e deixamos com a nossa cara. Também ficamos responsáveis pela operação, como limpeza, troca de enxoval, suporte, comunicação, etc.", explica Mazetto.

Viagens a lazer, trabalho, staycation e hospedagem de clientes da mesma cidade estão entre as demandas mais buscadas neste início de empresa em São Paulo. A Casai já registra 90% de ocupação dos imóveis na capital paulista. A depender da disponibilidade, o hóspede pode ficar quantos dias quiser em um imóvel carimbado pela startup. "De um dia a mais de um ano, a lazer ou a negócio, de um retiro a uma reunião corporativa", conclui o general manager para o Brasil.

AGENTES DE VIAGENS GANHAM COMISSÃO

Luiz Eduardo Mazetto garante a importância de agentes de viagens para a venda dos produtos Casai. As casas do portfólio da empresa estão na plataforma direta, mas também agregam o sistema e busca da Booking.com e outras OTAs.

"Trabalhamos e queremos trabalhar ainda mais com agências de viagens. Acreditamos em uma relação ganha-ganha com a maioria dos vendedores de viagens. Somos, acima de tudo, uma oportunidade de oferecer a seus clientes uma opção única, que na maioria das vezes fugirá de sua oferta tradicional. A Casai vai entregar um bom produto a seus clientes", afirma Mazetto. "Temos um sistema de comissionamento competitivo e principalmente descontos em estadas longas."

Uma das maneiras de se capacitar com os produtos Casai é por meio dos Open Houses da startup, que mostra os serviços e diferenciais dos imóveis.

Saiba mais no reservas.brasil@casai.com e/ou (11) 99310-1952
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA