Caravana WTM terá novas condições para agentes em 2019 | Agências de viagens | PANROTAS
AGÊNCIAS DE VIAGENS

Caravana WTM terá novas condições para agentes em 2019

Emerson Souza
Luciane Leite, diretora da WTM Latin America, entre Ana Maria Berto, conselheira da feira, e Danielle Roman, presidente da Interamerican Network
Luciane Leite, diretora da WTM Latin America, entre Ana Maria Berto, conselheira da feira, e Danielle Roman, presidente da Interamerican Network

Os agentes de viagens que desejarem participar de caravanas para a próxima World Trade Market Latin America (WTM-LA), que acontecerá entre 2 e 4 de abril, em São Paulo, deverão atentar às novas condições impostas pelo evento. No total, 700 agentes de todos os 27 Estados do País farão parte da caravana, organizada pela Interamerican Network.

A principal exigência do programa, rebatizado como Agente na Estrada, tem como objetivo fomentar as negociações agências-operadoras durante a feira. Todos os agentes que usufruírem dos benefícios da ação, que envolve transporte, seguro viagem, hotel e entrada no evento, terão, obrigatoriamente, que agendar e comparecer a um número mínimo de reuniões de negócios com as operadoras expositoras da WTM Latin America 2019. A quantidade de reuniões exigida por participante ainda não foi definida.

"O nosso foco para 2019 é melhorar a qualidade e efetividade dos negócios durante a feira. E os agentes não irão reclamar disso; pelo contrário, vão gostar, pois são profissionais, verão o benefício dessa maior oportunidade de fechar bons negócios", defendeu a gerente de Marketing da Reed Exhibitions, empresa que organiza a WTM, Thais Del Ben. "Traremos o mesmo número de agentes brasileiros do ano passado [700], mas com a intenção de que a geração de negócios e vendas cresça muito com esse novo método, que será extremamente benéfico para as operadoras", complementa.

Emerson Souza
Thais Del Ben, gerente de Marketing da Reed Exhibitions, apresentou o programa Agente na Estrada
Thais Del Ben, gerente de Marketing da Reed Exhibitions, apresentou o programa Agente na Estrada

Melhorias que visam, no final, a um objetivo bem claro. Nas palavras da diretora da WTM Latin America, Luciane Leite: "lotar os estandes das operadoras com agentes e profissionais do Turismo". Tornar o tempo da feira, assim, mais eficaz no quesito novos negócios - um meio de, inclusive, atrair operadoras para o evento.

Soma-se ao número mínimo de reuniões, outras condições como obrigatoriedade de participação nas capacitações da feira e a cobrança de uma taxa no caso de no-show ou alteração no nome do viajante. Estas exigências, de acordo com Luciane, ajudarão a "peneirar" os agentes que participarão da feira.

"Apenas aqueles de fato interessados em fechar negócios participarão do Agente na Estrada. A qualidade do evento, com isso, tende a subir", completa a diretora da feira.

OPERADORAS TÊM DIREITO A INDICAÇÃO

Todas as operadoras já com estandes garantidos na WTM Latin America 2019 terão direito a indicar agências de seu interesse para entrar no grupo seleto do programa Agente na Estrada. "A preferência é delas, já que são as mais interessadas e beneficiadas com a ida dos agentes de viagens à feira", destacou a presidente da Interamerican, Danielle Roman, responsável por organizar a caravana de agentes.

EXPANSÃO INTERNACIONAL

Além dos 700 agentes nacionais previstos, a WTM Latin America trará, também como parte do programa, 100 agentes da América Latina, totalizando 800 profissionais do Turismo. São esperados profissionais, principalmente, de cinco países: México, Peru, Chile, Colômbia e Argentina.

COMO SE INSCREVER E AGENDAR REUNIÕES

Não haverá um site para se candidatar ao programa Agentes na Estada. Eles serão escolhidos pela Reed Exhibitions a partir das indicações das operadoras e de um estudo de mercado. Na hora do cadastro no site da WTM, porém, o agente poderá destacar se interessa a ele ou não a participação na feira, já que existe a possibilidade de alguns deles desejarem bancar a viagem por conta própria, caso não queiram se encaixar nas exigências da caravana.

Para facilitar a aproximação entre agências e operadoras, a WTM contará, no próprio site de cadastro, com uma agenda eletrônica. Ela só será aberta para os agentes, porém, em março, momento em que a maioria dos expositores já estará cadastrada no site - ou seja, estarão abertos para agendar as reuniões.

"As operadoras deverão ter uma pessoa responsável por se atentar à agenda eletrônica. Ela deverá confirmar as reuniões solicitadas pelo agente. Pensamos tudo com antecedência, mas para que essa ideia dê certo e os negócios cresçam como pretendemos, os operadores deverão também fazer sua parte, que é essa interação com os agentes", resumiu Danielle, da Interamerican.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA