Tailândia reduzirá quarentena para turistas vacinados

|

Divulgação
A partir de abril, a Tailândia reduzirá sua quarentena obrigatória de 14 para sete dias para estrangeiros vacinados contra o coronavírus que chegam ao país, afirmou o ministro da Saúde tailandês, Anutin Charnvirankul, hoje (8) em entrevista coletiva.

De acordo com reportagem da Reuters, ainda foi esclarecido pelo ministro que as vacinas devem ser administradas dentro de três meses do período da viagem e os visitantes ainda deverão mostrar resultados negativos do teste para covid-19 dentro de três dias de sua partida. Aqueles que ainda não foram vacinados, mas apresentarem resultados negativos, serão colocados em quarentena por 10 dias.

As limitações de voo da Tailândia, seus rígidos requisitos de entrada e quarentena obrigatória para todas as chegadas foram importantes para seu sucesso em limitar a propagação do vírus a pouco mais de 26 mil casos e 85 mortes. No entanto, essas restrições afetaram o vital setor de Turismo, causando perdas generalizadas de empregos e fechamentos de empresas e contribuindo para a contração econômica mais profunda do país em mais de duas décadas.

Importante frisar que as novas medidas não se aplicam aos que viajam da África, que ainda ficariam em quarentena por duas semanas devido a preocupações com outras variantes do vírus.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA