ECONOMIA E POLÍTICA

MTur lança nova marca e destaca conquistas em reunião do CNT


Roberto Castro/ MTur
Autoridades participam de encontro no Distrito Federal
Autoridades participam de encontro no Distrito Federal
A 54ª reunião ordinária do Conselho Nacional de Turismo (CNT), realizada na última quinta-feira (6), em Brasília, foi palco do lançamento da nova marca do Ministério do Turismo. Com o tema “A hora do Turismo”, as peças retratam o trabalho do governo federal, em parceria com a iniciativa privada, no sentido de garantir o adequado aproveitamento do potencial do País e contribuir para o desenvolvimento econômico e a geração de emprego e renda por meio da atividade turística.

No encontro, que reuniu as principais lideranças do setor na sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, destacou conquistas como a isenção de vistos a americanos, australianos, canadenses e japoneses, que já provoca forte alta na procura do Brasil. Ele também citou a aprovação da abertura do mercado aéreo ao capital estrangeiro pelo Congresso Nacional, com a consequente atração de companhias ao País, além de avanços na Lei Geral do Turismo.

O ministro defendeu a união de esforços em favor de avanços na agenda estratégica do ramo, como o aumento da competitividade a partir de medidas que permitam a abertura de mercado e a atração de investimentos. “O Turismo entrou de forma concreta na agenda estratégica do governo do presidente Jair Bolsonaro, e por isso estamos vivendo um momento histórico. Os primeiros resultados já começaram a aparecer: o Turismo cresceu 3,5% no primeiro trimestre. A parceria entre o setor público e a iniciativa privada é o único caminho para o desenvolvimento. É inegável que chegamos à hora do Turismo.”

O governo elabora uma Medida Provisória para contornar gargalos históricos do setor, com a criação de áreas especiais de interesse turístico, a transformação da Embratur em agência de promoção internacional e a redução da tributação incidente sobre agências, operadoras e cruzeiros marítimos.

“Como o próprio presidente Jair Bolsonaro falou ontem, a primeira missão deste governo é não atrapalhar quem quer produzir. Por isso, estamos debruçados em projetos e programas que destravem a economia, gerando um ambiente de negócios frutífero ao empresário, ao investidor e o principal: cheio de oportunidades para os brasileiros.”

METAS ATINGIDAS
Marcelo Álvaro frisou que o MTur cumpriu todas as metas estabelecidas nos primeiros 100 dias do governo Bolsonaro, a fim de melhorar o ambiente de negócios do País. Ele citou a publicação do decreto que institui a Política Nacional de Gestão Turística dos Patrimônios Mundiais Naturais e Culturais e de Portaria Interministerial, que estabelece a gestão compartilhada entre a Secretaria de Patrimônio da União, o Ministério da Economia e o MTur para a exploração turística de imóveis de domínio federal.

Pedro Vilela/Ministério do Turismo
Ouro Preto, em Minas Gerais, é um dos sítios contemplados em gestão de patrimônios
Ouro Preto, em Minas Gerais, é um dos sítios contemplados em gestão de patrimônios
Durante a reunião, técnicos da Pasta também deram informes sobre ações da Rede de Inteligência de Mercado no Turismo (RIMT) e do Programa de Regionalização do Turismo (PRT). Entre as autoridades do setor presentes ao encontro, estiveram o secretário-executivo do MTur, Daniel Nepomuceno, o secretário nacional de Estruturação do Turismo, Robson Napier, o secretário nacional de Integração Interinstitucional do MTur, Bob Santos, o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Aluizer Malab, e o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto.

Participaram também representantes do trade turístico de todo o País e dirigentes de Turismo dos estados. As peças da campanha A Hora do Turismo foram disponibilizadas pelo MTur no site oficial da Pasta, incluindo a identidade visual, banners, cards para redes sociais, fundo de palco para eventos, painéis e pôsteres, entre outros.

INVESTIMENTOS
Técnicos do MTur detalharam a promoção de seminários itinerantes do Investe Turismo, programa desenvolvido conjuntamente com o Sebrae e a Embratur e que tem como meta unir os setores público e privado para preparar e promover 30 rotas estratégicas em todo o País. O primeiro evento ocorreu na última terça-feira (4), em Natal e os próximos estão marcados para esta sexta-feira (7), em Fortaleza, seguido por João Pessoa nesta segunda-feira (10) e Foz do Iguaçu (PR) no dia 12.

HOMENAGEM
Após informar que esta poderia ser a última reunião da qual participaria como conselheiro, o vice-presidente do Conselho de Turismo da CNC, Eraldo Alves da Cruz, foi homenageado com uma salva de palmas pelos membros do Conselho Nacional do Turismo em reconhecimento à sua contribuição.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA