O que Paulus e Edu Bernardes querem do MTur na retomada?

|


Emerson Souza
Eduardo Bernardes, vice-presidente da Gol
Eduardo Bernardes, vice-presidente da Gol
Eduardo Bernardes, vice-presidente da Gol, e Guilherme Paulus, fundador da CVC e e da rede de hotéis GJP, foram os mais incisivos entre os participantes da Check Point, live da PANROTAS em parceria com Imaginadora e R1, a cobrar do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, respostas para quando chegar a retomada.

LEIA TAMBÉM:
Nordeste é destino preferido para a retomada, segundo viajantes
Presidente da Abav levanta urgências ao ministro durante a crise

Sinal de que os principais fornecedores do Turismo estão preocupados em acelerar as medidas de refortalecimento da indústria, claro, para além da administração de crise na qual hoje têm de atuar.

Eduardo Bernardes foi o primeiro. "Existe um time no ministério do Turismo já pensando em como será a retomada no Brasil? Acreditamos que, quando a economia se recuperar, a prioridade será o doméstico, visto que viagens internacionais tendem a exigir mais tempo de planejamento por parte do consumidor", questionou, sugerindo uma fonte de investimento. "A Medida Provisória 907 exige a destinação de R$ 500 milhões à Embratur. Essa não é uma boa hora para correr com a aprovação desta MP, para que esses recursos sejam liberados e estejam disponíveis na retomada?"

Emerson Souza
Guilherme Paulus, fundador da rede GJP
Guilherme Paulus, fundador da rede GJP
Assinada pelo presidente Jair Bolsonaro em novembro do ano passado, a MP907 tem, entre outros destaques, a transformação da Embratur em agência de divulgação e maior verba de promoção do Brasil como destino no Exterior. A ideia de Bernardes e de Guilherme Paulus, como readequação à crise, é utilizar parte substancial dos R$ 500 milhões em fomento das viagens domésticas.

Guilherme Paulus também cobra maior alinhamento entre o ministério do Turismo e o Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo para que as boas ideias sejam centralizadas e compartilhadas entre as unidades federativas, ideia esta acatada pelo ministro, mas o empresário ainda orienta que com R$ 200 milhões, menos da metade da verba que será destinada à Embratur, já dá para fortalecer o Turismo doméstico.

"O forte do Turismo é o interno. Melhorando o interno, facilita para o turista que vem de fora. Por que não se cria subsídio às companhias aéreas nacionais, para que seja alinhado charter com as operadoras,colocando as cadeias de hotéis e serviços de receptivo no bolo, criando uma grande promoção de viagem no Brasil? Em parceria, Embratur e MTur podem reunir operadoras, ABIH Nacional... Nós fornecedores podemos criar tarifas especiais para fazer trabalho coordenado com vocês. Tendo um doméstico forte, teremos um receptivo mais forte para o viajante vir do Exterior mais para frente", aponta Guilherme Paulus, com menções a exemplos tradicionais como Porto Seguro (BA), Natal, Fortaleza, Serra Gaúcha e cidades históricas de Minas Gerais.

Marcelo Álvaro Antônio agradeceu e acatou as ideias de Paulus e Bernardes. Afirmou que uma reunião já foi feita com o Fornatur e na sequência prometeu um novo encontro por teleconferência com os secretários estaduais. Segundo ele, existem pessoas "no enxuto corpo técnico do ministério do Turismo" trabalhando na retomada, embora a prioridade do momento seja a MP do trabalho e a MP do consumidor, para remediar e amenizar os efeitos da crise.

O ministro falou em foco na integração de modais para fortalecer o doméstico do País, como fluvial, rodoviário e aéreo, ideia também prestigiada pelo VP da Gol.

"Os R$ 500 milhões destinados à Embratur entrarão em prioridade de urgência no congresso. A MP907 é importante para o momento atual e para o momento da retomada. Estamos trabalhando nisso. Outra ação na qual temos pensado e trabalhado é a integração dos modais de transporte, pois em pesquisa com turistas estrangeiros essa foi uma das problemáticas mais apontadas em relação ao Brasil, mais do que segurança", elenca Álvaro Antônio. "Temos grupo trabalhando pensando na retomada dia e noite. Estamos nos desdobrando para atender tudo", completa.

ASSISTA AO VÍDEO NA ÍNTEGRA:

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA