Calendário internacional de eventos muda em virtude do coronavírus

|

Product Schol/Unsplash
Cuidados com o novo coronavírus mudaram o calendário de eventos pelo mundo
Cuidados com o novo coronavírus mudaram o calendário de eventos pelo mundo
Na semana em que foi reconhecido como pandemia e superou a marca de cinco mil mortos pelo mundo, o novo coronavírus também transformou-se na principal razão para cancelamentos e adiamentos de eventos por todo o planeta. Os apelos de autoridades para que a população evite aglomerações, sobretudo nos países onde a proliferação está avançada, parecem ter surtido efeito e grandes convenções, inclusive no segmento do Turismo, deixaram de ocorrer.

Um dos primeiros casos nesse sentido aconteceu ainda no final do mês passado com o cancelamento da ITB de Berlim, na Alemanha. Na ocasião, a organização alegou estar fazendo valer recomendações do Ministério da Saúde e do Ministério da Economia alemão como forma de ajudar na prevenção da propagação do Covid-19 pelo país. A feira estava agendada para os dias 4, 5, 6, 7 e 8 de março. A mesma feira, em sua versão indiana, também não irá acontecer em 2020 e já foi remanejada para abril do próximo ano.

O mesmo processo ocorreu com a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) que estava agendada para este mês e passou para o final de maio. Antes do adiamento, inclusive, diversos participantes haviam anunciado suas desistências por conta do surto viral. A Imex Frankfurt é outro evento que não vai mais acontecer.

Fora do Velho Continente os cancelamentos também acontecem. Festival que reúne música, cinema e tecnologia e acontece toda primavera em Austin, no Texas, a SXSW (South by Southwest) também foi cancelada. E, de volta ao Turismo, o tradicional Tiaguis Turístico, no México, teve sua data de realização transferido para setembro.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA