Buscas por viagens internacionais e com antecedência estão crescendo

|

Divulgação
A Expedia Group Media Solutions, plataforma global de marketing turístico do Expedia Group, divulgou hoje seu Relatório de Tendências de Recuperação de Viagens do 2º trimestre de 2021. O relatório trimestral combina dados primários do Grupo Expedia e pesquisas personalizadas com percepções acionáveis para ajudar os profissionais de marketing de viagens em seu caminho para a recuperação.

“Ao longo do segundo trimestre, continuamos a observar um forte crescimento da pesquisa global, aumento das buscas por viagens internacionais e aumento das janelas de pesquisa, entre outros marcos importantes. Nosso otimismo para a recuperação das viagens de curto prazo continua forte, e o último Relatório de Tendências de Recuperação de Viagens fornecerá às marcas de viagens uma visão sobre a mudança de comportamentos e atitudes dos viajantes em todo o mundo, ao mesmo tempo que destaca as realizações da indústria e o progresso até o momento”, afirmou a vice-presidente sênior de soluções de mídia, Wendy Olson Killion.

As principais descobertas do Relatório de Tendências de Recuperação de Viagens incluem:

PESQUISAS AUMENTANDO
Aproveitando o impulso visto no primeiro trimestre, os volumes mensais de pesquisa global continuaram a crescer no segundo trimestre, aumentando mais de 70% em relação ao trimestre anterior. O lançamento contínuo das vacinas covid-19 e as mudanças nas restrições de viagens ao redor do mundo impulsionaram ainda mais as buscas, contribuindo para um volume constante de semana a semana. No segundo trimestre, o volume de pesquisa global positivo foi observado durante 11 das 13 semanas do trimestre - um grande contraste com as flutuações observadas ao longo do primeiro trimestre e 2020.

Os volumes de pesquisa global sustentados trimestre a trimestre também se alinham com uma atitude mais otimista do consumidor para viagens pós-pandemia. De acordo com o Índice de Princípios do Viajante do Expedia Group, que entrevistou viajantes em oito países ao redor do mundo, 72% dos consumidores estão planejando viajar nos próximos 12 meses.

MAIORES JANELAS DE PESQUISA
Como os viajantes continuaram a optar por viagens mais perto de casa no segundo trimestre, metade das pesquisas globais novamente caiu na janela de pesquisa de 0 a 21 dias. No entanto, a janela de pesquisa global está aumentando, indicando que a confiança do viajante está aumentando e que eles estão aproveitando as viagens de verão e começando a planejar viagens mais distantes. Pesquisas globais de 22 a 90 dias representaram mais de 35% das pesquisas no segundo trimestre, um aumento de quase 25% em relação ao trimestre anterior.

Cinquenta e cinco por cento das pesquisas domésticas globais caíram na janela de pesquisa de 0 a 21 dias, enquanto as pesquisas de 22 a 90 dias aumentaram quase 20% trimestre a trimestre. As pesquisas internacionais globais para a janela de pesquisa de 31 a 90 dias aumentaram 30% em relação ao primeiro trimestre. Na Europa, Oriente Médio e África (EMEA), as pesquisas de 22 a 90 dias representaram mais de 40% das pesquisas internacionais no segundo trimestre, ante 15% no primeiro trimestre.

VIAGENS INTERNACIONAIS
Embora os compradores de viagens continuem a mostrar preferência por viagens domésticas, as pesquisas internacionais globais no segundo trimestre mostram sinais de recuperação. Durante várias semanas no segundo trimestre, o crescimento da pesquisa internacional global superou o doméstico, provavelmente em parte devido à ampliação da distribuição global de vacinas, aumento das listas de destinos verdes e redução das restrições a viagens internacionais em partes do mundo.

O impacto positivo do progresso da vacinação é visível nos dados de pesquisa internacional do segundo trimestre. Quando comparados aos volumes de pesquisa durante o segundo trimestre de 2020, EMEA, Ásia-Pacífico e América Latina viram um aumento nos volumes de pesquisa dos Estados Unidos no segundo trimestre de 2021, mostrando que viagens para destinos dentro dessas regiões representam uma oportunidade atraente para americanos vacinados.

GRANDES CIDADES
Durante o segundo trimestre, os destinos de praia e cidade foram os 10 destinos mais reservados em todo o mundo, embora mais cidades estejam entrando no top 10 ou subindo no ranking em cada região, incluindo Chicago, Houston e Atlanta, nos EUA; Seul e Jeju, Coreia do Sul; Copenhague e Paris, Europa; e Cidade do México. Nova York está na lista dos 10 principais destinos reservados globalmente e em todas as regiões, exceto na Ásia-Pacífico.

Regionalmente, os 10 principais destinos reservados foram principalmente para destinos na mesma região, seguindo as tendências do primeiro trimestre. No entanto, os viajantes da América Latina reservaram mais viagens internacionais no segundo trimestre em comparação com as reservas predominantemente regionais vistas no primeiro trimestre. Nova York, Miami, Las Vegas e Orlando apareceram na lista dos 10 melhores da América Latina no segundo trimestre.

A crescente popularidade dos destinos urbanos se combinou com a crescente demanda por hotéis durante o segundo trimestre. A demanda global de hotéis aumentou mais de 10% em relação ao trimestre anterior, enquanto o tempo de permanência em hotéis globais permaneceu consistente com a duração média de viagem observada no primeiro trimestre.

VIAGENS SUSTENTÁVEIS
Os viajantes estão cada vez mais interessados em práticas de viagens sustentáveis, seja reduzindo sua pegada de carbono ou aliviando o fardo do excesso de Turismo em um ponto de acesso de viagens. Uma pesquisa recente do Expedia Group e Wakefield mostra que quase três em cada cinco viajantes estão dispostos a pagar taxas adicionais para que sua viagem possa ser mais sustentável, indicando que eles consideram a consciência ambiental e social valiosa.

Confira o Relatório de Tendências de Recuperação de Viagens completo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA