Airbnb promove atualizações com base em demanda de clientes

|

No contexto das grandes mudanças na forma como as pessoas vivem e trabalham, com o home office cada vez mais incorporado à rotina, o Airbnb lança hoje (9) mais de 50 atualizações na plataforma para aprimorar a experiência de hóspedes e anfitriões e atender às novas demandas dos viajantes. A necessidade dessas modificações foi captada a partir de uma pesquisa encomendada pela empresa e que ouviu 7,5 mil usuários em cinco países (Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, França e México).

Pixabay
O Airbnb atualizou a plataforma com base em uma pesquisa com usuários de cinco países
O Airbnb atualizou a plataforma com base em uma pesquisa com usuários de cinco países
Esse levantamento revelou algumas tendências nesse sentido:

  • 63% dos entrevistados dizem esperar mais flexibilidade de seus empregadores;
  • Um terço afirma que, depois da pandemia, planeja viver em um lugar diferente e trabalhar remotamente com maior frequência do que antes;
  • A maioria dos entrevistados diz que fará mais viagens das seguintes formas: fora dos dias e horários de pico (53% e 55%, respectivamente), nos finais de semana prolongados (55%) e aproveitando oportunidades de momento (53%);
  • Mais de um terço (37%) afirma que fará mais viagens de maior duração.

Segundo dados do Airbnb, de julho a setembro deste ano, 20% das noites reservadas na plataforma globalmente foram para estadas de um mês ou mais. Essas estadas mais longas têm sido mais procuradas pelos hóspedes em 2021 do que em qualquer outro momento na história da empresa.

Em 200 destinos pelo mundo, pessoas já estão morando em um Airbnb. No último ano, mais de 100 mil hóspedes permaneceram em um Airbnb por pelo menos três meses, e quase a metade deles se mudou de uma acomodação para pelo menos uma outra, também locada pela plataforma, durante a viagem. E os idosos (entre 60 e 90 anos), muitas vezes aposentados, são o grupo que mais tem procurado estadias longas.

AS ATUALIZAÇÕES
Entre as novidades do Airbnb 2021 – edição de novembro, estão os seguintes itens:

  1. Wi-fi verificado: os anfitriões podem testar e verificar a velocidade do wi-fi nas acomodações pelo app do Airbnb;
  2. Aba Viagens aprimorada: reúne todos os detalhes importantes sobre a reserva;
  3. Translation Engine: tecnologia avançada de tradução automática em mais de 60 idiomas;
  4. Análise de acessibilidade: verificação dos recursos de acessibilidade informados nos anúncios;
  5. Busca flexível: permite buscas por mais tipos de acomodações únicas com até 12 meses de antecedência;
  6. AirCover: ampliação da proteção gratuita para todos os anfitriões, que, além da cobertura de até US$ 1 milhão contra danos ao imóvel ou pertence, de até US$ 1 milhão para responsabilidade civil, e contra perda de renda, passa a incluir, por exemplo, gastos com limpeza profunda e danos causados por animais de estimação;
  7. Pergunte a um Superhost: conecta novos anfitriões com Superhosts, anfitriões mais antigos e bem avaliados no Airbnb, em uma área para tirar dúvidas de forma personalizada e obter dicas de como anunciar seus imóveis com sucesso na plataforma.

GES 2016/Flickr
Brian Chesky, CEO e cofundador do Airbnb
Brian Chesky, CEO e cofundador do Airbnb
"Para o Airbnb, 2021 tem sido um ano de grandes inovações para aprimorar nosso serviço”, diz o CEO e cofundador da plataforma, Brian Chesky. "Com o Airbnb 2021 – edição de novembro, entregamos mais de 150 atualizações neste ano. Nossa abordagem baseada em design significa que estamos constantemente melhorando nosso serviço para nos adaptar às mudanças do mundo. Pela primeira vez, milhões de pessoas podem viajar a qualquer hora, para qualquer lugar, pelo tempo que quiserem e, até mesmo, viver em qualquer lugar no Airbnb. Essa é uma revolução nas viagens”, completa.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA