AGÊNCIAS DE VIAGENS

Startup brasileira quer reinventar agentes de viagens

Com avanços tecnológicos cada vez mais rápidos, diversas profissões têm sido colocadas em risco de extinção ou então em uma posição que exige evolução constante. Os agentes de viagens não ficam fora dessa realidade. Pensando nisso, a Jooce Box, startup brasileira fundada por Bruno Talevi e João Bonin, definiu como missão "transformar o agente de viagens na melhor opção para o turista".

A plataforma consiste em um CRM (software de relacionamento com o cliente) integrado a um website, o que permitirá uma abordagem multicanal uma vez que os turistas hoje são multicanal. O projeto, que levou 24 meses de planejamento, terá sua plataforma para as agências de viagens disponibilizada no dia 15 de julho.

"Estamos acompanhando o renascimento do agente de viagens em mercados ainda mais desafiadores que o nosso, como o mercado norte-americano ou do Reino Unido. Por lá este novo profissional foi apelidado de superstar travel agent. As vendas e lucratividade voltaram a subir, a perda de mercado para o digital foi freada, os empregos voltam e até mesmo as gerações mais jovens estão dando preferência a este agente de viagens", afirma Taveli, ex-funcionário da CVC.

"Nossa plataforma foi 100% desenvolvida com o objetivo de auxiliar os agentes a explorar o máximo das estratégias que estão renovando o setor lá fora. Cada detalhe, cada função, cada linha de código aponta para este sentido", explica o co-fundador e responsável pela tecnologia da startup, João Bonin.

LANÇAMENTO

Para comemorar o lançamento da plataforma e explicar sua proposta, a startup lançará quatro vídeos entre 11 e 15 de julho. Além disso, a Jooce Box disponibilizou um website para que os agentes possam se inscrever e interagir com a equipe.

O trailer de lançamento da plataforma pode ser assistido abaixo.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA