Uso de carro próprio em viagens corporativas dispara, aponta Voll

|


Pixabay/Divulgação Abla
Travel Tech Voll aponta alta de 400% no primeiro trimestre deste ano
Travel Tech Voll aponta alta de 400% no primeiro trimestre deste ano
O número de requisições por reembolso por quilômetro, devido ao uso do carro próprio para transporte, avançou quase 400% no primeiro trimestre deste ano. Os dados são da travel tech Voll, que baseada neles aponta tendência de transformações nos últimos dois anos no segmento de viagens corporativas.

“As empresas estão mais preocupadas com a segurança e o bem estar de seus colaboradores e, assim, em busca de oferecer novas alternativas para seus deslocamentos”, afirma o CEO da startup, Luciano Brandão.

Divulgação/Voll
Luciano Brandão, CEO da Voll
Luciano Brandão, CEO da Voll
A procura por locação de veículos também cresceu substancialmente: 48% entre janeiro e março deste ano. O dado é 15 vezes maior do que o aumento da frota total de automóveis e comerciais leves das locadoras, que cresceu 3,2% no primeiro trimestre, segundo números divulgados pela Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla). Isso também porque, segundo a Abla, as locadoras enfrentam obstáculos devido ao atraso da entrega de veículos novos por parte das montadoras.

A co-fundadora e CRO da Voll, Jordana Souza, afirma que a tendência é de alta. Avançando para o mês de abril, a procura por locação de veículos avançou 96,5% no quadrimestre. "A diversidade na oferta de opções de deslocamento por parte da empresa e a flexibilidade na escolha de um carro, seja app, cooperativa de táxi ou o próprio automóvel é uma tendência de mercado", reforça a executiva.

Divulgação/Voll
Jordana Souza, co-fundadora da Voll
Jordana Souza, co-fundadora da Voll
“A Voll oferece alternativas como o táxi, o reembolso por quilômetro, a locação de veículos e os carros de aplicativo, além das viagens aéreas e rodoviárias. Na plataforma, é possível encontrar toda essa diversidade em um só local com informações precisas para que o usuário possa escolher a melhor opção”, afirma Jordana.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA