Índice de vacinação em funcionários da Delta alcança 82%

|

Divulgação/Delta Air Lines
Henry Ting, diretor executivo de Saúde da Delta Air Lines
Henry Ting, diretor executivo de Saúde da Delta Air Lines
A Delta aumentou seu índice de vacinação de funcionários para 82%. O crescimento significativo veio depois que a liderança da companhia aérea anunciou que a taxa mensal de seguro saúde para os trabalhadores não vacinados subiria para US$ 200.

O diretor executivo de Saúde da empresa, Henry Ting, informou que, desde o início da pandemia, a Delta tem se esforçado para colocar seus profissionais e clientes em primeiro lugar, tornando as vacinas prontamente disponíveis. Isso, em combinação com incentivos financeiros, como um dia adicional de folga remunerada e US$ 100 de recompensas de saúde, permitiu que a empresa inoculasse quase 70% de seu pessoal até junho de 2021. Por meio de uma loteria voltada aos funcionários que deu mais de US$ 1 milhão para trabalhadores imunizados, a aérea aumentou rapidamente seu índice de imunização para 74%.

Além disso, a transportadora segue uma série de medidas de proteção a bordo das aeronaves, como uso obrigatório de máscara e filtragem de ar de nível hospitalar. Quando combinada com os níveis de proteção existentes, a testagem ajuda a tornar o risco de transmissão de menos de 1 em 1 milhão entre os Estados Unidos e o Reino Unido, por exemplo. Conforme as taxas de vacinação continuam a aumentar, esses números só vão melhorar.

Recentemente, a representação brasileira da companhia mostrou à reportagem do Portal PANROTAS como tem sido aplicados os protocolos nos voos da empresa no Brasil.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA