INVESTIMENTOS

Rio também reduzirá ICMS de aviação para atrair mais voos


Fernando Frazão/Agencia Brasil
Para ter uma malha aérea competitiva com a do Estado de São Paulo, que anunciou ontem um pacote de medidas que inclui a desoneração do querosene de aviação, o Rio de Janeiro pretende aderir ao movimento e anunciar a redução do ICMS de 12% para 7%. O pedido já foi feito pelo governador Wilson Witzel.

LEIA TAMBÉM: Witzel promete reduzir ainda mais o ICMS de aviação do Rio

Presente em Brasília para a reinstalação da Frentur, o secretário de Turismo do Rio de Janeiro, Otávio Leite, confirmou o movimento. Segundo ele, a medida atrai novos voos, assim como ocorreu no Nordeste, e também ajuda na formação de novos hubs aéreos. Em São Paulo, por exemplo, há um grande trabalho para fortalecer a aviação regional no Estado.

O Rio de Janeiro vem perdendo muitos voos nos últimos tempos. Em dezembro do ano passado, a Latam anunciou o cancelamento das rotas do Galeão para Miami e Orlando. A partir do próximo mês, a American Airlines também deixa de operar regularmente entre o Rio de Janeiro e Nova York.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora