JetSmart agora é representada pela Aviareps no Brasil

|


Filip Calixto
Joyce Peixoto e Adriana Rosa, recém-contratadas pela Aviareps, executivas de Vendas da JetSmart em São Paulo
Joyce Peixoto e Adriana Rosa, recém-contratadas pela Aviareps, executivas de Vendas da JetSmart em São Paulo
A JetSmart agora é representada pela Aviareps no Brasil. Auto-definida como ultra-low cost, a companhia aérea chilena entregou ao escritório chefiado por Marcelo Kaiser seus interesses comerciais no País, ao qual voa duas vezes semanais de Santiago a Foz do Iguaçu (PR), a Salvador e, a partir de 20 de março, também vai operar em São Paulo dois dias na semana.

Divulgação/JetSmart
Frota jovem e moderna é um dos trunfos da companhia de baixo custo chilena para conquistar o brasileiro
Frota jovem e moderna é um dos trunfos da companhia de baixo custo chilena para conquistar o brasileiro

Ex-Avianca e South African Airways, Joyce Peixoto assume a conta ao lado da ex-Gol Adriana Rosa. As executivas de Vendas acabam de voltar de uma imersão no Chile, onde gostaram do que viram. "O fato de ser ultra-low cost não tira a qualidade da companhia. O grupo de investimento norte-americano Indigo Partners, do qual a JetSmart faz parte, é especialista em operações de baixo custo há vários anos, reconhecido mundialmente", afirma Joyce.

Filip Calixto
Adriana Rosa, ex-Gol, agora na JetSmart
Adriana Rosa, ex-Gol, agora na JetSmart

Hoje com 17 aeronaves, a companhia planeja chegar em 2026 com 100 equipamentos. Os voos que vêm ao Brasil são feitos com o A320neo, "com uma configuração confortável ao passageiro, entregando exatamente o que ele precisa, conforme a tarifa", avalia Adriana. Além de voos domésticos no Chile, a aérea ainda mantém operações em Peru, Colômbia e Argentina. Neste último país, adquiriu as operações da Norwegian Argentina. No total, mais de cinco milhões de passageiros já embarcaram em voos da "ultra-low cost".

Segundo as executivas, o papel da JetSmart é fazer o viajante repensar a maneira de viajar, passando a mensagem correta para o consumidor. "A companhia entrega o preço justo para o cliente viajar do ponta A ao B, entregando exatamente o que ele pagou. O que o passageiro quiser, ele pode adquirir. Temos ancillaries como bagagem e refeição com custo acessível. A ideia é pagar apenas pela sua experiência, e não pela dos outros", explica Joyce. "Os chilenos estão cientes deste modelo, e agora o traremos ao Brasil."

Filip Calixto
Joyce Peixoto, ex-SAA, agora na JetSmart
Joyce Peixoto, ex-SAA, agora na JetSmart
Neste cenário, aponta Adriana, o equipamento é chave. "Nosso avião mais antigo tem um ano e meio. Trabalhamos em cima disso. Modernidade de aeronave é fundamental." Segundo a dupla de novas executivas, desde que a JetSmart entrou no mercado chileno, as tarifas para as rotas em que atua caíram 50%. "Dentro do que a companhia se dispõe a oferecer, a tarifa tem de ser ao menos 25% mais baixa do que a dos concorrentes", conclui.

Fora dos GDSs, a companhia atua em plataforma própria, e o trabalho de Joyce Peixoto e Adriana Rosa, que responderão diretamente ao novo head de Aviação da Aviareps, Diógenes Toloni, se torna crucial para encher os voos de São Paulo ao Chile. Os voos de Santiago a Salvador e Foz do Iguaçu, pela natureza dos destinos, são bem mais convenientes no inbound. Ainda assim, Rodrigo Issa também trabalha pela JetSmart, em Salvador.

ANOTE OS CONTATOS
Joyce Peixoto – joyce.peixoto@jetsmart.com (SAO)
Adriana Rosa - Adriana.palma@jetsmart.com (SAO)
Rodrigo Issa – rodrigo.issa@jetsmart.com (SSA e Nordeste)
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA