Bariloche promove evento gastronômico em outubro

|


Divulgação
Bariloche a la Carta terá 80 restaurantes participantes
Bariloche a la Carta terá 80 restaurantes participantes
Maior evento gastronômico de Bariloche, o 'Bariloche a la Carta' será realizado do dia 4 a 11 de outubro. Segundo a Emprotur, entidade de promoção do Turismo do destino, cerca de 80 restaurantes participarão desta edição. Neste ano, o evento oferecerá promoções e descontos nos pagamentos feitos com cartões de crédito.

O 'Bariloche a la Carta' contará com um sistema de reservas on-line, com intuito de economizar o tempo e o controle da capacidade de público para atender às normas sanitárias vigentes. Os hotéis da cidade terão descontos de até 50% para os turistas.

A feira gastronômica ocorrerá em um espaço misto, a céu aberto e fechado, de oito mil metros quadrados. Entre as atrações estará a apresentação e venda dos melhores pratos da região e do vale do Alto Rio Negro: vinhos, especiarias, chocolates, cervejas, frutas, queijos e embutidos, além de diversas novidades culinárias. Os restaurantes também serão encarregados de produzir pratos exclusivos para o concurso de melhores cardápios do evento, eleitos pelo público participante.

De acordo com o diretor executivo da Emprotur, Diego Piquin, a oferta gastronômica de Bariloche ocorrerá de forma inovadora, visando à integração de turistas e moradores locais ao desfrutar dos produtos da culinária regional.

"'Bariloche a la Carta' é um dos maiores eventos promocionais da cidade. A oportunidade vem sendo adotada como própria pela comunidade local, que a cada ano cresce em oferta e qualidade. Neste ano, optamos por espaços ao ar livre também e disponibilizamos a possibilidade de pessoas agendarem as degustações para otimizar tempo e garantir a segurança dos participantes", explica Piquin.

Durante o evento, o público poderá acompanhar shows, palestras, treinamentos gratuitos com referências da culinária nacional e eventos especiais para crianças, com o debate sobre alimentação saudável e o cuidado com o meio ambiente.

Vale lembrar que a Argentina segue com as fronteiras fechadas para visitantes provenientes do Brasil.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA