Conferência Internacional da Diversidade dedicou dia ao Turismo

|


PANROTAS/Emerson Souza
Artur Luiz Andrade, Ananda Puchta, André Almada e Ricardo Gomes
Artur Luiz Andrade, Ananda Puchta, André Almada e Ricardo Gomes
Depois de uma edição totalmente on-line em 2020, em decorrência da pandemia de covid-19 e muitas incertezas para esse ano, a 5a Conferência Internacional da Diversidade começou ontem (22) em São Paulo. Na Biblioteca Mário de Andrade, o evento promovido pela Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil, e que acontece até quarta-feira (24), trará debates sobre Turismo, Empresas e Cultura voltados à comunidade LGBTQIA+.

Entre os destaques da programação do primeiro dia, o painel "A importância dos Eventos para o Turismo" reuniu empresários como o presidente da Câmara LGBT, Ricardo Gomes, o CEO do The New World Group e diretor de Cultura da Câmara LGBT, André Almada, e a diretora para o Brasil da ELLA Global Community, Ananda Puchta, com mediação do editor-chefe e CCO da PANROTAS, Artur Luiz Andrade.

Os profissionais aproveitaram o espaço para demonstrar como os destinos podem se preparar para promover eventos LGBTQIA+ e receber os visitantes de forma adequada, principalmente neste momento de retomada em que há uma grande demanda reprimida. "É essencial construir um calendário bem estruturado de eventos, festivais de música, gastronomia, entre outros, para esse público. Eventos como Réveillon e Carnaval devem ser apropriados e aproveitados como uma forma de desenvolver projetos de nicho", explicou o CEO da Câmara LGBT, Ricardo Gomes.

PANROTAS/Emerson Souza
O painel
O painel "A importância dos Eventos para o Turismo" abordou responsabilidade social, união de forças, nichos e novos projetos
Falando em Carnaval, a festividade de 2022, tão aguardada não só pelo público LGBTQIA+, contará com uma novidade: o Camarote Sensação, totalmente LGBT, estará aberto durante todos os dias dos desfiles das principais Escolas de Samba no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. A ideia do espaço, que se declara "hetero friendly", é promover uma convivência harmônica e livre de preconceito.

Questionados pelo editor-chefe da PANROTAS sobre responsabilidade social nos eventos, a diretora da ELLA Global, Ananda Puchta, compartilhou a visão da entidade ao expor que o objetivo é dar oportunidades para que empreendedores e ativistas LGBTQIA+ possam desenvolver projetos responsáveis e adentrar os espaços dos grandes negócios. "Essa é a nossa maior preocupação, principalmente pelo fato de estarmos saindo de uma pandemia que ainda assola nosso País. Trazer essa oportunidade, colocar pessoas extremamente diversas no mesmo espaço, para que esse momento seja de troca de experiências e ideias, não só entretenimento e festas, e usar esse momento para uma mudança de paradigmas", afirmou.

Ao lado de André Almada, Gomes deu aos participantes da Conferência um spoiler do que está por vir: a Câmara LGBT está com ideias para um evento que reúna os pequenos negócios da área das Artes, conteúdos e entretenimento para o nicho LGBTQIA+. A proposta é compartilhar cultura, arte Drag e promover uma verdadeira feira de diversidade que acabe em festa.

PANROTAS/Emerson Souza
A Drag Queen Mama Darling mediou os painéis da Conferência da Diversidade
A Drag Queen Mama Darling mediou os painéis da Conferência da Diversidade
No final do painel, Almada fez um pedido para a retomada que está por vir. "Foram tantos momentos de tristeza, o setor foi 100% afetado, então a mensagem é unir forças. Precisamos apoiar o mercado para que continue crescendo, gerando empregos e trazendo felicidade para as pessoas. Vamos fortalecer esses serviços e essas festas, trazer outros projetos, ainda que sejam segmentados ou não, que a gente traga um calendário forte para o Brasil para ampliar a agenda do turista", concluiu.

A PANROTAS é media partner da 5a Conferência Internacional da Diversidade, da Câmara LGBT
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA