O que podemos aprender com Itália, China e Nova Zelândia?

|

Emerson Souza
Jeanine Pires
Jeanine Pires
O evento on-line Watching the Travel World, que ocorre no próximo dia 10 de setembro, das 10h às 12h, e que é organizado pela Travel Matcher, já tem mais de 300 profissionais inscritos, para assistir e debater os cases do Turismo da Itália, China e Nova Zelândia.

“É uma oportunidade de termos insights e aprendermos com três destinos bem diferentes entre si, tanto na forma como combateram a pandemia como no olhar para o Turismo”, explica Jeanine Pires, diretora da Travel Matcher.

A China já vai recuperar sua demanda aérea doméstica em setembro, a Itália foi um dos símbolos no auge da pandemia e hoje já recebe turistas e a Nova Zelândia é exemplo de sucesso no combate à covid-19, mas e o Turismo, como foi impactado? Essa e outras perguntas iremos responder no encontro, que terá momentos ao vivo, permitindo a interação, e outros pré-gravados, devido à diferença de fuso horário. Mas os três destinos terão a parte de perguntas ao vivo. Também o nosso convidado Renato Meirelles fará sua apresentação em tempo real”, explica Jeanine Pires.

A agenda do Watching the Travel World será aberta pelo diretor comercial da Tourism New Zealand, René de Monchy. Na sequência, serão apresentadas, ao vivo, as práticas de restruturação de promoção e distribuição turística no maior mercado doméstico do mundo, a China. Para abordar este tema, estará no encontro George Cao, CEO da Dragon Trail, especialista no desenvolvimento de ações de promoção turística no mercado chinês.

Maria Elena Rossi, diretora de Marketing e Promoção da ENIT, agência Nacional do Turismo da Itália, será a representante do case italiano. E Renato Meirelles, do Instituto Locomotiva, empresa de expressão na execução de pesquisas no Brasil, apresentará um relatório com os 5 Novos Comportamentos dos Viajantes.

Será uma ótima oportunidade de nos aproximarmos desses mercados, para atrair visitantes e fazer mais negócios. Tiraremos vários insights para o Brasil na retomada, em todos os modais”, finaliza Jeanine.

Além de ser 100% virtual, o evento será gratuito. Os interessados devem fazer sua inscrição no http://travelmatcher.rds.land/matcher-wtw e na sequência receberão as informações para o acesso no dia do encontro.

Confira a programação:

Painel China:
Como o maior mercado doméstico do mundo se reestruturou na distribuição e comercialização das viagens e como está o planejamento para a promoção no exterior?
George Cao - CEO e Co-fundador Dragon Trail Interactive
Alessadro Dassi - CEO da Thomas Cook China e Diretor Executivo e de Expansão Internacional do Fosun Tourism Group
Mediadora: Jeanine Pires - Diretora do MATCHER e da Pires Inteligência em Destinos e Eventos e ex-presidente da EMBRATUR

Bate Papo com Itália:
Ensinamentos de um dos destinos mais afetados no mundo e que mais depende da atividade turística para desenvolver a economia. Quais as estratégias para a reestruturação do setor?
Maria Elena Rossi - Diretora de Marketing da ENIT (Agência Nacional de Turismo da Itália)
Nelson de Oliveira – Country Manager da Alitalia no Brasil

Benchmarking Nova Zelândia:
Como a Nova Zelândia estabeleceu uma estratégia vencedora para fortalecer o mercado doméstico e manter um posicionamento de sucesso no exterior mesmo com as fronteiras fechadas.
René de Monchy - Diretor Comercial da Tourism New Zeland

E no Brasil?
Qual o sentimento do viajante e do consumidor nesse novo momento?
Renato Meirelles – Presidente Instituto de Pesquisa Locomotiva


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA