AGÊNCIAS DE VIAGENS

Abav-SP mira aproximação com o interior do Estado em 2020

Estreitar a relação com a Aviesp e buscar mais proximidade com as agências do interior paulista são duas das diversas prioridades que Fernando Santos terá para 2020 na presidência da Abav-SP. O dirigente, que esteve hoje na sede da PANROTAS, em São Paulo, revelou ainda que a entidade estuda a realização de eventos menores, como workshops e roadshows, nas principais cidades do interior do Estado.

Marcos Martins
Fernando Santos, da Abav-SP, entre Danilo Alves e Artur Andrade, da PANROTAS. Santos aproveitou a visita para entregar uma placa parabenizando a PANROTAS pelos seus 45 anos
Fernando Santos, da Abav-SP, entre Danilo Alves e Artur Andrade, da PANROTAS. Santos aproveitou a visita para entregar uma placa parabenizando a PANROTAS pelos seus 45 anos

“Eu assumi há pouco mais de um mês e ainda estamos naquela fase de planejamento para 2020/2021. Para o ano que vem nossa meta é aumentar a sinergia que temos com a Aviesp, trazendo o que há de melhor nas duas associações e buscar unificar a relação de fornecedores, convênios e benefícios”, disse. A proximidade com a entidade interiorana também é explicada na própria história de Fernando Santos, que presidiu a Aviesp entre 2016 e 2018.

Segundo a previsão do presidente da Abav-SP, a alta do dólar (que ontem fechou em R$ 4,22 – maior desde a criação do Plano Real) tem inibido as viagens internacionais. “Por outro lado, o preço das passagens aéreas internas no Brasil também está bem alto. Em alguns casos, está compensando ir para o Exterior”, avaliou.

SEGMENTAÇÃO E CONSULTORIA
Um dos pilares de Santos à frente da Abav-SP também é o de mostrar que o agente de viagens precisa cada vez mais se especializar na consultoria da viagens, e não apenas em vende-la. “As agências que prestarem um trabalho de consultoria ao cliente terão vida longa em nosso mercado.”

Com 413 associados, sendo 313 da capital e outros 101 do interior, Santos também “briga” pela valorização da categoria. O mais recente episódio foi a campanha da Decolar no Youtube. “Eles já foram notificados e devem enviar uma resposta ainda esta semana. Depois disso o Conselho de Ética da entidade vai dar um parecer sobre o caso e, cabe a nós da diretoria, referendar ou alterar a decisão deles”, explicou Santos.

Ele também não acredita emsurpresas na questão do IRRF. “Essa questão está sendo bem conduzida pela presidente da Abav Nacional, Magda Nassar. Eu acho que tudo vai terminar muito bem”, concluiu.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA