Expo Retomada conclui etapa de retestagem de 463 participantes

|

A organização da Expo Retomada concluiu, no última terça-feira (27), mais uma fase de protocolos com a retestagem de 463 participantes para a covid-19. O procedimento fez parte da consolidação dos protocolos de biossegurança aplicados antes, durante e após o evento, que recebeu, em Santos (SP), 1.309 visitantes únicos, não simultâneos e 245 profissionais envolvidos na montagem, todos testados antecipadamente e negativos para covid, nos últimos dias 21 e 22 de julho.

Divulgação/Expo Retomada
Retestagem da Expo Retomada no São Paulo Expo, em São Paulo
Retestagem da Expo Retomada no São Paulo Expo, em São Paulo
Os voluntários para os novos testes, entre eles o prefeito de Santos, Rogério Santos, puderam escolher entre três locais para a retestagem: os pavilhões do Expo Center Norte, São Paulo Expo, na capital, ou o próprio Santos Convention Center, que sediou o evento, na baixada.

Entre os 463 retestados, apenas três testaram positivo, sendo dois em São Paulo e um em Santos – um cadastrado como visitante e dois cadastrados como equipe de montagem ou staff do evento. O resultado representa 0,64% das pessoas que circularam no evento.

"Se somarmos os testes aplicados na fase anterior com os da retestagem, esse número final é de 0,5%, o que nos tranquiliza e nos faz acreditar que, com o avanço da vacinação na população adulta que comparece aos eventos de negócios, poderemos assumir em definitivo que participar desses encontros é totalmente seguro. Além do mais, é importante lembrar que o fato de termos aplicado o teste em todos os participantes durante os dois dias de evento é um indicativo seguro de que, todos que lá estiveram, enquanto estavam lá, não estavam com o vírus”, afirma o diretor da Rede Feiras e um dos idealizadores da Expo, Fernando Lummertz.

Os dados coletados nesta retestagem já foram encaminhados à Secretaria de Saúde de São Paulo. A organização fará, ainda, um acompanhamento detalhado de todos os participantes do evento por duas semanas, com o objetivo de gerar um relatório com informações técnicas para municiar o Governo do Estado e atestar a possibilidade de retomada segura dos eventos de negócios, desde que cumpram todos os protocolos desenvolvidos para o setor.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA